Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

6 mortes por coronavírus nas últimas 24 horas em Portugal. Há mais 192 infetados

Há mais 161 recuperados.
Correio da Manhã 8 de Junho de 2020 às 12:56
Coronavírus xxx
Coronavírus xx
Coronavírus
Coronavírus xxx
Coronavírus xx
Coronavírus
Coronavírus xxx
Coronavírus xx
Coronavírus
O número de mortos por coronavírus voltou a aumentar em Portugal esta segunda-feira. Há 1485 óbitos a registar, mais 6 mortes nas últimas 24 horas em Portugal. Em comparação com os dados de domingo, hoje constatou-se um aumento de óbitos de 0,4%. Já os casos de infeção subiram 0,6%.

mais 192 infetados nas últimas 24 horas, totalizando 34885. Dos 192 novos casos de covid-19, 149 (+1,1%) são na Região de Lisboa e Vale do Tejo.  O número de pessoas que recuperaram da doença voltou a aumentar. Há mais 161 recuperados.

A região Norte é a que regista o maior número de mortos (807), seguida da região de Lisboa e Vale do Tejo (403), do Centro (244), do Algarve (15), dos Açores (15) e do Alentejo, que regista um óbito, adianta o relatório da situação epidemiológica. O número de pessoas infetadas também é superior na Região do Norte (16948), seguindo-se a Região da Grande Lisboa (13222), o Centro (3826), o Algarve (389) e o Alentejo (268).

Segundo os dados do boletim da Direção-Geral da Saúde, 749 das vítimas mortais são mulheres e 736 são homens.

Das mortes registadas, a faixa etária mais afetada é a das pessoas com mais de 80 anos (1004). Segue-se a faixa etária entre os 70 e os 79 anos (283). 131 tinham entre os 60 e 69 anos, 47 entre 50 e 59, 17 entre os 40 e os 49, um entre os 30 e os 39 anos e dois dos doentes entre 20 e 29 anos.

366 pessoas internadas, 55 nas Unidades dos Cuidados Intensivos.

Os sintomas mais relatados pelos doentes continuam a ser a tosse (39%), seguindo-se da febre (29%), as dores musculares (21%) e a cefaleia (20%). A estes dados seguem-se a fraqueza generalizada (15%) e a dificuldade respiratória (11%).

A conferência da DGS
"Temos vencido coletivamente os nossos medos", reforçou o Secretário de Estado da Saúde


O Secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, avançou que já foram realizados cerca de 936 mil testes desde 01 de março. "A média foi de 13.100 testes na última semana".

"Poderá haver uma insistência em determinados locais que ainda nos preocupam", relembrou António Sales, sublinhando que continua a ser feito o controlo das regiões que mais procupam em termos de casos.

Relativamente ao foco de contágio no Bombarral, o secretário de Estado lembrou que foram processadas amostras este domingo, num total de 274 testes, 20 positivos.

"O Infarmed teve a posição correta. Os testes devem ser utilizados em condições controladas e de forma organizada", alertou o Secretário de Estado sobre a recomendação do Infarmed com os testes comercializados. "Realizar os testes de forma individualizada pode dar falsa sensação de segurança", continuou.

"Não vamos comentar intervenções de agentes políticos. Mas dizer que tudo o que aconteça seja feito de acordo com as medidas da DGS. (...) É importante continuar a fazer o apelo para que os aglomerados sejam feitos com organização e de acordo com as medidas".

"Não estamos em Estado de Emergência. Acreditamos na consciência cívica das pessoas", reafirmou António Sales.

"Para acompanhar decisões do Governo, a DGS trabalha com os setores próprios, as normativas e orientações que permitem manter a atividade. Primeiro há uma determinação do Governo e a DGS acompanha com as orientações dos parceiros", disse a Diretora-Geral da Saúde, Graça Freitas, quando questionada sobre a abertura dos bares.

Os centros de dia estão a ser alvo de ponderação, confirmou Graça Freitas, que garante que dentro de pouco tempo haverá uma orientação concreta.





Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Portugal questões sociais coronavírus covid19 covid mortos coronavírus mortes
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)