Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

"A chamada inclusão social": Pais de bebé com deficiência acusam Nestlé de discriminação em concurso

Mateus arrecadou a pontuação máxima da semana, mas foi uma criança de 18 meses que acabou por ser a finalista.
Marta Quaresma Ferreira(martaferreira@cmjornal.pt) 24 de Junho de 2020 às 12:08
Mateus Terra Mendes
Mateus Terra Mendes FOTO: Direitos Reservados / Facebook
Os pais de Mateus Terra Mendes de 22 meses inscreveram o filho no Concurso Bebé Nestlé. Conhecido como "bebé sorriso", Mateus é portador de uma doença rara, a Atrofia Muscular Espinhal. O objetivo em participar no concurso passava por angariar ajuda financeira para a criança.

No concurso, que tem por base a escolha semanal do Bebé Nestlé, Mateus garantiu o maior número de votos do júri, tornando-se o suposto finalista da semana (entre 8 a 14 de junho). No entanto, a criança acabou por não ser a vencedora, mas sim uma menina de 18 meses, com 695 votos, menos 244 que Mateus.

A mãe do menino fez a denúncia através de uma publicação na rede social Facebook.

"Quero agradecer a todos pelos votos no nosso Mateus. Apesar de ser o mais votado e com grande margem não foi o vencedor da semana", começou por escrever a mãe no Facebook.

Maria Terra lamenta que o filho não tenha sido eleito pelo júri da Nestlé Baby & me Portugal, apesar de ter obtido a maior pontuação. "É assim a tal chamada inclusão social. É assim o nosso país. Uma das maiores marcas de Portugal", denunciou a progenitora.

Na mesma publicação, a mãe do menino diz que a participação no concurso pretendia reconhecer e mostrar "que uma criança com deficiência também pode ter mérito e visibilidade".

"O Mateus é ainda mais bonito por dentro do que por fora Nestlé", relembra Maria, que deixa ainda críticas à ausência de crianças com deficiência em campanhas publicitárias. "Vergonha é o que sinto", desabafou a mãe.

Nas últimas horas têm sido vários os comentários na publicação da página de Facebook da Nestlé Baby & me Portugal que anuncia o finalista da semana. 

Em resposta aos internautas, a empresa deixou um comentário onde assegura que existem "outros critérios de avaliação" para além dos votos do júri. 

"Como informa o regulamento, há outros critérios de avaliação e foi com base nesses critérios, sem conhecer o número de votos de cada foto, que o Júri tomou a decisão. Acima de tudo, queremos dar a todos os Bebés uma oportunidade, e exatamente porque pugnamos pela diversidade, incluímos no regulamento deste passatempo um modelo misto para a eleição do "Vencedor da Semana" onde as hipóteses são iguais para todos os 5 finalistas, dando hipóteses a mais bebés, e permitindo a pessoas que possam ter menos capacidade de atrair votos, terem as mesmas hipóteses de serem eleitos Vencedores da Semana", pode ler-se.

A empresa reforça a mensagem e afirma que para a marca "todos os Bebés são bebés Nestlé".


sociedade (geral) questões sociais Portugal Maria Terra Facebook Mateus Terra Mendes Bebés Nestlé Baby
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)