Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

“A Minha Pilar”: menina de seis anos está a conquistar a Internet durante a quarentena

Vídeos nas redes sociais têm vindo a conquistar uma legião de fãs. Várias figuras públicas, como Fernanda Serrano e Ljubomir, juntaram-se ao projeto.
Catarina Figueiredo 13 de Abril de 2020 às 16:13
'A Minha Pilar' já é um sucesso nas redes sociais
'A Minha Pilar' já é um sucesso nas redes sociais
'A Minha Pilar' já é um sucesso nas redes sociais
'A Minha Pilar' já é um sucesso nas redes sociais
'A Minha Pilar' já é um sucesso nas redes sociais
'A Minha Pilar' já é um sucesso nas redes sociais
'A Minha Pilar' já é um sucesso nas redes sociais
'A Minha Pilar' já é um sucesso nas redes sociais
'A Minha Pilar' já é um sucesso nas redes sociais

"Um beijinho da Pilar": é desta forma que a pequena Pilar se despede dos admiradores que acompanham diariamente os vídeos que protagoniza no Youtube e que, apesar de terem surgido por uma obra do acaso, se estão a tornar um verdadeiro fenómeno nas redes sociais. 

Todos os dias da semana, a menina portuguesa de seis anos é a estrela de uma nova publicação no canal de Youtube "A Minha Pilar", criado pelo pai Paulo Castanheiro, trabalhador na área da comunicação audiovisual, e dono da ideia.

Os temas abordados são variados: desde a saúde, à alimentação, à geografia e ao exercício físico, todos servem para animar a quarentena de quem segue as aventuras desta menina, que apesar de ser portadora de síndrome de down, mostra que tal não é uma limitação à sua capacidade de comunicar com os demais.

O projeto "A Minha Pilar" começou por ser uma mera brincadeira a propósito do Dia do Pai, no dia 19 de março, e desde então que evoluiu a passos largos. "A Pilar tinha de gravar um vídeo e pôr no grupo de Whatsapp da escola. Fomos para o terraço, filmámos e ela adorou. Nos dias seguintes foi-me pedindo para fazer mais vídeos e acabou por se tornar um hábito diário. Ela adora as luzes, as câmaras e poder ver-se depois no ecrã da televisão... Também acaba por ser uma forma de ela passar melhor a quarentena", explica Paulo, pai da menina e o grande responsável pelo projeto. 

A ‘coisa’ acabou por se tornar mais séria, quando à criança se juntaram nomes sonantes da rádio e da televisão, entre as quais Fernanda Serrano, Vanda Miranda e mais recentemente o famoso chef Ljubomir. "Comecei a desafiar alguns amigos e colegas a gravar connosco, que adoraram a ideia e como gostam muito da Pilar, alinharam desde o princípio. Mais tarde, comecei eu próprio a receber mensagens de profissionais, tais como médicos veterinários, por exemplo, a propor temas para futuros vídeos. Neste momento, já tenho uma agenda enorme e organizada para as próximas semanas", explicou ao CM.

Esta rotina, é para Pilar mais do que uma atividade para preencher os tempos livres. É também uma "terapia". As ideias para os novos vídeos vão surgindo essencialmente das sugestões da escola, que ainda à distância, todos os dias propõe um novo tema aos alunos. A Pilar sabe que antes de gravar os vídeos tem de fazer os trabalhos de casa e cumprir com as suas obrigações, garante o pai, a quem o feedback positivo o tem enchido de orgulho. "Sinto-me muito feliz. Já recebi mensagens de pessoas, até de quem nem nos conhece, que já me deixaram de lágrimas nos olhos", acrescenta.

"A Minha Pilar" foi o nome escolhido para batizar este projeto de pai e filha, e que segundo o mesmo, não foi eleito ao acaso. "A Pilar não é só minha, é de todos nós, de todos os que gostam dela. É uma enorme satisfação saber que a minha filha torna estes dias mais difíceis, que todos vivemos, um bocadinho melhores", remata.

Assim, espera-se que a Pilar continue a animar os seus seguidores durante os próximos tempos, e quem sabe, o projeto não se estenda para lá das redes da quarentena. Estão reunidas as condições para continuar a perguntar: "Pilar, qual é o tema de hoje?".

Ver comentários