Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

1023 mortos por coronavírus em Portugal, mais 16 que ontem

Marta Temido alerta para correção de dados: 25190 infetados, mais 203 que ontem.
Correio da Manhã 2 de Maio de 2020 às 13:27
Coronavírus em Portugal
Coronavírus em Portugal FOTO: Getty Images
mais 16 mortos por coronavírus em Portugal nas últimas 24 horas de acordo com o boletim da Direção-Geral da Saúde deste sábado, perfazendo um total de óbitos de 1023 óbitos desde o início da pandemia.

A ministra da Saúde, Marta Temido, alerta para correção de dados: 25190 infetados pela covid-19, mais 203 que ontem. "Casos duplicados": Marta Temido faz correção e número de infetados com coronavírus em Portugal baixa. A ministra explicou que desde o dia 25 de abril foram detetados 422 casos duplicados, o que justifica que hoje se registe um número de casos inferior ao que tinha sido anunciado na sexta-feira.

Desde o início do ano (01 de janeiro), o total de casos suspeitos foi de 252728. Há 855 pessoas internadas, 150 nos cuidados intensivos.

1671 pessoas estão recuperadas e há ainda 27895 pessoas em contactos em vigilância pelas Autoridades de Saúde.

A região Norte continua a ser onde se incide o maior número de vítimas mortais com coronavírus em Portugal (585), seguindo-se a região Centro (206) e Grande Lisboa (205). No Algarve há a registar 13 vítimas mortais, o Alentejo mantém apenas um óbito.

Nos Açores há 131 casos confirmados de coronavírus (13 óbitos) e na Madeira verificam-se 86 infetados, sem vítimas mortais até ao momento.

De acordo com informação avançada por Marta Temido, o doente mais velho a morrer com coronavírus tinha 103 anos.

"Probabilidade e risco serão maiores do que o que tínhamos em confinamento", disse Graça Freitas.

A conferência de imprensa da DGS
Comemorações do 1ª de Maio
"Em primeiro lugar a celebração do Dia do Trabalhador constituía uma exceção ao Estado de Emergência, foi uma decisão do País. (...) Os participantes fizeram a manifestação de uma forma muito distinta. (...) Verificámos distanciamento entre pessoas, com regras de arrumação, máscaras e que permaneceram por menos tempo do que habitual", disse Marta Temido quando questionada pelos jornalistas sobre as comemorações do 1º de Maio.

"Os educadores vão ser testados antes da abertura das cresces, anunciou a Diretora-Geral da Saúde, Graça Freitas, quando questionada sobre o regresso das crianças aos estabelecimentos de ensino.

DGS avisa que riscos de contágio continuam e que proteção é agora mais exigente
"Iniciamos agora de forma progressiva, faseada, cautelosa e segura o alívio das medidas de contenção adotadas, reforçando a confiança dos cidadãos no sistema. É necessário garantir a prestação adequada de cuidados de saúde e importa acautelar o recrudescimento da epidemia e suas consequências económicas e sociais", disse.

Segundo Graça Freitas, num momento em que diversos setores económicos se prepararam para retomar a atividade, "o papel de cada cidadão torna-se mais exigente".

"Aptos a funcionar temos mais 255 ventiladores invasivos e 256 não invasivos, disse Marta Temido, confirmando que são esperados mais 48 ventiladores que deverão chegar a Portugal na próxima semana.

Mais informação sobre coronavírus AQUI.

MAPA da situação em Portugal e no Mundo.

SAIBA como colocar e retirar máscara e luvas.

APRENDA a fazer a sua máscara em casa.

CUIDADOS a ter quando recebe uma encomenda em casa.

DÚVIDAS sobre coronavírus respondidas por um médico

Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24

alerta cm portugal coronavírus vírus cmjornal
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)