Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

1263 mortos por coronavírus, mais 16 que ontem. Há mais 228 infetados

Número de doentes nos cuidados intensivos baixa para 93, menos oito que ontem.
Correio da Manhã 20 de Maio de 2020 às 13:09
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
O número de mortos e infetados com coronavírus em Portugal voltou a subir esta quarta-feira. Relativamente ao número de mortos, esta quinta-feira registam-se 1263, mais 16 que ontem [terça-feira]. Já em relação aos infetados, temos hoje 29660, mais 228 do que na véspera, ou seja um aumento de 0,77%.  

Segundo o boletim epidemiológico, há ainda mais 21 pessoas recuperadas da doença, num total de 6452 recuperados. 

Registam-se ainda menos 20 infetados internados e menos oito em cuidados intensivos. 

A região Norte é a que regista o maior número de mortos (713), seguida da região de Lisboa e Vale do Tejo (289), do Centro (230), do Algarve (15), dos Açores (15) e do Alentejo, que regista um óbito, adianta o relatório da situação epidemiológica, com dados atualizados até às 24h00 de terça-feira, mantendo-se a Região Autónoma da Madeira sem registo de óbitos.

Segundo os dados da Direção-Geral da Saúde, 646 vítimas mortais são mulheres e 617 são homens.

Das mortes registadas, 850 tinham mais de 80 anos, 246 tinham entre os 70 e os 79 anos, 113 tinham entre os 60 e 69 anos, 40 entre 50 e 59, 13 entre os 40 e os 49 e um dos doentes tinha entre 20 e 29 anos.

A recuperar em casa estão 21.336 pessoas.

Os dados da DGS precisam que o concelho de Lisboa é o que regista o maior número de casos de infeção pelo novo coronavírus (2.046), seguido por Vila Nova de Gaia (1.521), Porto (1.334) Matosinhos (1.245), Braga (1.196) e Gondomar (1.065).

Na habitual conferência de imprensa, o Secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, sublinhou que, desde 1 de março e até 18 de maio foram realizados 674 mil testes à Covid-19. Desde 11 de maio, a taxa de testes positivos ficou abaixo de 5%.

Também o RT, o índice que mede a probabilidade de um indivíduo poder infetar outro, diminuiu nos últimos dias. Na semana de 13 a 17 de maio o índice localizava-se nos 0,95, segundo o Secretário da Saúde.

António Sales anunciou também que o número de internamentos semanal tem vindo a diminuir, assim como os doentes em cuidados intensivos e o número de mortos. 

Relativamente à indicação da Organização  Mundial de Sáude (OMS) sobre a não higienização de superfícies, a diretora-geral da saúde, Graça Freitas, referiu que os transportes públicos, que têm já uma norma de utilização, continuam a cumprir as medidas de higiene e é também pedido que os passageiros cumpram as orientações estabelecidas.

Normas para grávidas durante pandemia

A DGS publicou esta terça-feira as normas para grávidas devido à pandemia do coronavírus. "As condições físicas do local onde acontece o parto podem decidir ou não em que condições ocorre", relembrou Graça Freitas.

Surto no Hospital de Santa Maria em Lisboa

Graça Freitas anunciou esta quarta-feira que nove profissionais de saúde testaram positivo para coronavírus, 35 testaram negativo e 25 aguardam ainda análises em curso no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, depois desta terça-feira ter sido anunciado um surto naquela unidade hospitalar.

Há ainda três doentes do Hospital de Santa Maria, em Lisboa, com covid-19. De acordo com Graça Freitas, os doentes já foram transferidos para unidades dedicadas a pessoas com covid-19, frisando que "a situação neste momento é estável".

Mais informação sobre coronavírus AQUI.

MAPA da situação em Portugal e no Mundo.

SAIBA como colocar e retirar máscara e luvas.

APRENDA a fazer a sua máscara em casa.

CUIDADOS a ter quando recebe uma encomenda em casa.

DÚVIDAS sobre coronavírus respondidas por um médico

Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24

Portugal coronavírus infetados mortos covid-19 DGS Direção Geral da Saúde
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)