Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

34 mortos e 394 infetados por coronavírus nas últimas 24 horas em Portugal

Casos diários e mortes por Covid-19 continuam em queda. Lisboa e Vale do Tejo é a zona mais afetada.
Correio da Manhã 1 de Março de 2021 às 14:01
Coronavírus
Coronavírus FOTO: Bruno Colaço
Portugal registou nas últimas 24 horas mais 34 mortes relacionadas com a Covid-19 e 394 novos casos de infeção com o novo coronavírus, o valor mais baixo de casos desde setembro, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Os valores de hoje são semelhantes aos registados em outubro, no que respeita às mortes, quando foram notificados 33 óbitos no dia 29 desse mês e a setembro, no que se refere aos novos casos, com o registo de 388 a 08 de setembro.

O País contabiliza no total 16 351 vítimas mortais e 804 956 casos confirmados desde o início da pandemia.

Há 720 235 pessoas recuperadas da doença, mais 1 258 nas últimas 24 horas. Relativamente aos internados, há mais 2 doentes em enfermaria (total de 2 167) e menos 15 em unidades de cuidados intensivos (469 no total).

Há 29 dias consecutivos que o número de recuperados supera o de novas infeções.



Os casos ativos em Portugal continuam a registar uma diminuição, com 68 370 casos ativos hoje, menos 898.

 


As autoridades de saúde têm em vigilância 41.227 contactos, menos 4.187 relativamente ao dia anterior, mantendo-se a tendência decrescente desde o dia 30 de janeiro.

De acordo com os últimos dados da Direção-Geral da Saúde, Portugal tem atualmente 868.951 pessoas vacinadas: 603.585 com a primeira dose e 265,366 com a segunda dose.

Das 34 mortes registadas nas últimas 24 horas, 15 ocorreram em Lisboa e Vale do Tejo, 10 na região Centro e nove na região Norte.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo foram notificadas mais 238 novas infeções, contabilizando-se até agora 304.772 casos e 6.846 mortes.

Segundo o boletim, a região de Lisboa e Vale do Tejo 60,4 por cento dos casos registados nas últimas 24 horas e 44,2% do total de mortes.

A região Norte tem hoje 74 novas infeções por SARS-CoV-2 e desde o início da pandemia já contabilizou 326.378 casos de infeção e 5.215 mortes.

Na região Centro, registaram-se mais 27 casos, acumulando-se 114.984 infeções e 2.915 mortos.

No Alentejo foram assinalados mais 15 casos, totalizando 28.474 infeções e 947 mortos desde o início da pandemia em Portugal.

A região do Algarve tem hoje notificados 12 novos casos, somando 20.110 infeções e 339 mortos.

A Madeira registou 16 novos casos. Esta região autónoma contabiliza 6.474 infeções e 61 mortes devido à covid-19.

A região Autónoma dos Açores registou 12 novos nas últimas 24 horas e notificados no total 3.764 casos de infeção e 28 mortos.

Os casos confirmados distribuem-se por todas as faixas etárias, situando-se entre os 20 e os 59 anos o registo de maior número de infeções.

O novo coronavírus já infetou em Portugal, pelo menos, 364.133 homens e 440.553 mulheres, referem os dados da DGS, segundo os quais há 270 casos de sexo desconhecido, que se encontram sob investigação, uma vez que estes dados não são fornecidos de forma automática.

Do total de vítimas mortais, 8.551 eram homens e 7.800 mulheres.

O maior número de óbitos continua a concentrar-se nos idosos com mais de 80 anos, seguidos da faixa etária entre os 70 e os 79 anos.

Do total de mortes, 10.837 eram pessoas com mais de 80 anos, 3.440 com idades entre os 70 e os 79 anos e 1.444 tinham entre os 60 e os 69 anos.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.531.448 mortos no mundo, resultantes de mais de 114 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
coronavírus covid-19 infetados recuperados mortos
Ver comentários