Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

7 mortos por coronavírus nas últimas 24 horas em Portugal. Há mais 310 infetados

Número de pessoas internadas nos cuidados intensivos manteve-se.
Correio da Manhã 11 de Junho de 2020 às 12:40
Coronavírus xxx
Coronavírus xxx FOTO: Getty
O número de mortes por coronavírus voltou a aumentar esta quinta-feira em Portugal. Há mais 7 mortos nas últimas 24 horas, num total de 1504 óbitos. O novo registo dá conta de cinco vítimas mortais na Região da Grande Lisboa, uma na Região Norteuma na Região Centro. Hoje houve um aumento de óbitos de 0,46%. Já os casos de infeção subiram cerca de 0,9%

De acordo com o boletim divulgado pela DGS, há agora 35910 pessoas infetadas, mais 310 do que ontem. 92% dos novos casos confirmados são na Região de Lisboa e Vale do Tejo. 

1562 pessoas aguardam ainda resultado laboratorial,
menos 162 relativamente a quarta-feira.

O número de pessoas recuperadas aumentou para 22002, mais 260 que ontem.  No total já houve 345495 casos suspeitos de covid-19 em Portugal, mais 1278 que esta quarta-feira.

A região Norte continua a ser a mais afetada pela pandemia, com um total de 17007 infetados e 810 mortos. Segue-se a região da Grande Lisboa, com 14161 infetados e 417 óbitos por coronavírus. A região Centro contabiliza 3841 casos de infeção e 246 vitimas mortais. A este número segue-se o Algarve, com 391 infetados e 15 mortos e a zona do Alentejo com 277 infetados e um óbito a registar.

No arquipélago dos Açores há registo de 143 infetados e 15 mortos por coronavírus. Na Madeira registam-se 90 casos confirmados, sem contabilizar vítimas mortais.

O número de doentes internados é de 415, mantendo-se o número de doentes na Unidade de Cuidados Intensivos: 70. A DGS regista também 30615 contactos em vigilância pelas autoridades de saúde.

Do total de infetados, 20.320 são mulheres e 15.590 são homens. O número de óbitos continua a ser superior nas mulheres: Registam-se 759 óbitos. 745 homens morreram com o vírus.

O sintoma mais frequente do doente com covid-19 é a tosse (39%), seguindo-se a febre (29%), as dores musculares (21%), a cefaleia (20%) a fraqueza generalizada (15%) e, por fim, as dificuldades respiratórias (11%).

Conferência da DGS
Questionada pelo CM, a Secretária de Estado Adjunta e da Saúde, Jamila Madeira, assumiu o lapso desta quarta-feira, retirando dessa forma Arroios da lista das 13 freguesias com surto de coronavírus.

Relativamente à possibilidade dos cidadãos "aproveitarem" a semana de feriados para viajar e/ou estar com familiares, Jamila recordou a importância da "responsabilidade cívica".

A Diretora-Geral da Saúde, Graças Freitas, avançou que neste momento há duas crianças internadas no Hospital Dona Estefânia, nenhuma em Unidade de Cuidados Intensivos.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
coronavírus covid-19 infetados recuperados mortos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)