Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

Governo suspende voos entre Portugal e Brasil até 14 de fevereiro

Em causa está a situação epidemiológica em Portugal e as novas variantes.
Correio da Manhã 27 de Janeiro de 2021 às 16:16
Avião no aeroporto de Lisboa
Avião no aeroporto de Lisboa
O Governo suspendeu os voos de e para o Brasil, a partir das 00h00 do dia 29 de janeiro e até ao próximo dia 14 de fevereiro.

Em causa está a evolução da situação epidemiológica a nível mundial, o aumento dos casos de coronavírus em Portugal e a deteção de novas variantes.

Num comunicado divulgado pelo Ministério da Administração Interna, a entidade anuncia ainda que estão apenas permitidos voos de natureza humanitária "para efeito de repatriamento dos cidadãos nacionais e membros das respetivas famílias, bem como de titulares de autorização de residência em Portugal".

Neste caso, estes cidadãos terão de apresentar, no momento da partida, um comprovativo de teste negativo à Covid-19, realizado nas 72 horas anteriores à hora de embarque. Caso contrário, poderá ser-lhes negado o embarque e entrada em território nacional.

À chegada a Portugal, os passageiros nestas condições estão obrigados a cumprir quarentena por um período de 14 dias. 
"Nestes voos de caráter humanitário podem também embarcar cidadãos nacionais da União Europeia, nacionais de Estados associados ao Espaço Schengen e membros das respetivas famílias, bem como nacionais de países terceiros com residência legal num Estado-Membro da União Europeia, exclusivamente para efeitos de repatriamento", pode ler-se ainda no comunicado.
Ver comentários