Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Guarda prisional de Caxias infetado com coronavírus. É o quarto caso de Covid-19 nas prisões

Guarda estava de quarentena por trabalhar próximo da auxiliar de ação médica do mesmo hospital-prisão, também infetada.
Miguel Curado 31 de Março de 2020 às 15:51
Cadeia de Caxias
Cadeia de Caxias FOTO: Pedro Catarino

Está confirmado oficialmente o quarto caso de coronavírus no sistema prisional. Desta vez é um guarda prisional do Hospital-Prisão de São João de Deus, em Caxias, Oeiras.

Fonte oficial da Direção-Geral dos Serviços Prisionais explicou ao CM que o guarda soube hoje, terça-feira, do resultado do teste.

"Como a última vez que este guarda esteve escalado ao serviço foi há cerca de uma semana, de acordo com as orientações da saúde pública não há terceiros como tendo tido contacto próximo com este guarda, no tempo de contágio. Sendo certo que o Hospital Prisional mantém a vigilância ativa relativamente a todos os trabalhadores e reclusos", explicou a mesma fonte.

O CM sabe que o guarda agora infetado estava de quarentena, por trabalhar próximo da auxiliar de ação médica do mesmo hospital-prisão que, no último fim de semana, teve um diagnóstico positivo a Covid-19. Recorde-se que na mesma unidade de saúde se encontra uma reclusa brasileira também infetada, presa na fronteira do Caia na posse de droga, sendo o outro caso confirmado o de um guarda da cadeia de Custóias.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)