Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

As dietas da moda: Saiba que alimentos reforçam a energia

Dietas cetogénica, do metabolismo rápido e intuitiva são as últimas tendências.
Vanessa Fidalgo e André Filipe Oliveira 11 de Agosto de 2020 às 01:30
Alimentos
Alimentos FOTO: Getty Images

Todos os anos surgem novas dietas, novos métodos ‘infalíveis’ de emagrecimento e regimes popularizados por famosos. "Infelizmente a grande maioria surge por pressão da ‘indústria do emagrecimento’ quando, na verdade, o cuidado com o peso deve estar relacionado com a saúde e o bem-estar", avisa a nutricionista Catarina Esteves.

Nos dias que correm, a mais em voga é a dieta cetogénica, que se "resume à restrição total de hidratos de carbono para que haja utilização da gordura corporal como principal fonte de energia para as atividades do dia a dia", explica. A dieta do metabolismo rápido (três fases, ao longo de 28 dias, variando a base nutricional) está também na moda, mas a última tendência é a dieta intuitiva. "Ao contrário das outras, assenta naquilo que são os fundamentos do mindful eating, isto é, comer com consciência e não deixar que sejam as emoções a ‘comer por nós’", remata.

Alimentos eleitos reforçam energia
Os ‘alimentos da moda’ surgem quase sempre associados a dietas específicas. "O óleo de coco, por exemplo, é muito comum na dieta cetogénica e na dieta paleo, em particular pelo seu teor em ácidos gordos de cadeia média e pelo seu potencial de fornecer um ‘boost’ de energia", afirma Catarina Esteves.

A spirulina (uma alga) tem sido apontada como desintoxicante, sendo muito usada em fases iniciais de dietas com a finalidade de ‘limpar’ o organismo. Há ainda alguns alimentos, como a malagueta ou a pimenta-de-caiena, que são utilizados pelo seu efeito termogénico, "ou seja, por terem a capacidade de aumentar a termogénese, que é a combustão de calorias", sublinha a especialista ao Correio da Manhã.

A curcuma ganhou destaque pelo seu poder de contrariar a capacidade dos tecidos gordos produzirem substâncias inflamatórias, enquanto o kombucha e o kefir ganharam fama por serem probióticos e favorecerem a flora intestinal, "sendo especialmente interessantes para pessoas com alterações recorrentes do trânsito intestinal", garante ainda a nutricionista.

Catarina Esteves, nutricionista
CM - As dietas alternativas são equilibradas?
Catarina Esteves - Quase todas as dietas podem ser equilibradas do ponto de vista nutricional se forem devidamente introduzidas e acompanhadas por um profissional especializado. Dietas restritivas podem levar a deficiências nutricionais.

- Há cada vez mais vegetarianos. É uma tendência  que se irá manter?
- Sim. Cada vez mais se nota que os portugueses estão sensibilizados para a questão ecológica por detrás do vegetarianismo e estão conscientes da redução do impacto ambiental que pode advir da prática de uma alimentação vegetariana. Já é visível a preocupação com a limitação do consumo de carne, por exemplo. Parece-me que, com o tempo, é uma tendência que conseguirá angariar um grande número de praticantes.

"Comer bem é um ato natural"
Desde 2015 que Isabel Silva se tornou uma referência para milhares de pessoas, tudo graças aos seus conselhos em torno da alimentação saudável e prática de exercício físico diário. Uma fã confessa de comida “do bem”, a apresentadora privilegia a ingestão de legumes, cereais, como arroz integral, e a proteína. Um estilo de vida que mantém desde sempre. 

“Eu já me conheço assim, desde que estava na barriga da minha mãe, porque os meus pais sempre tiveram hábitos de vida saudáveis, sempre me incutiram hábitos de desporto. Para mim comer de forma saudável é um ato natural”, explicou numa conferência acerca de hábitos alimentares.

O sucesso foi tal que Isabel Silva lançou-se em diversas plataformas para espalhar a sua mensagem. Começou na internet, com um blogue sobre o assunto, e estreou-se logo a seguir na escrita com ‘O Meu Plano do Bem’. É proprietária de um ginásio.

Dicas de Isabel Silva
1. Produtos biológicos. Apresentadora considera uma mais-valia investir dinheiro em alimentos mais ricos. “Estamos a falar daquilo que colocamos dentro do organismo, para prevenir doenças.”
2. Exercício físico. Além da alimentação saudável, a estrela da TVI é muito focada na prática de atividades desportivas. É um fã confessa de corridas. Fá-lo diariamente com amigos ou sozinha.
3. Prato perfeito . Beldade do Norte considera importante manter uma alimentação diversificada, por isso privilegia o consumo de legumes, cereais, hidratos de carbono e proteína.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)