Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

‘Botellón’ imune às regras da pandemia e álcool levado nas bagageiras

Jovens autuados pela GNR por estarem sem máscara em discoteca.
Manuel Jorge Bento e Secundino Cunha 6 de Setembro de 2020 às 10:31
Centenas de pessoas juntas em grupos de grande dimensão no centro do Porto
Centenas de pessoas juntas em grupos de grande dimensão no centro do Porto FOTO: direitos reservados
"A festa continua e o défice de fiscalização também. Num raio de 300 metros deparei-me com vários ajuntamentos. O ‘botellón’ com novo impulso e imune.” O lamento é de António Fonseca, autarca do Centro Histórico do Porto e líder da Associação de Bares da Zona Histórica, face ao convívio de centenas de pessoas, em grandes grupos, entre a Cordoaria e as Galerias, esta sexta-feira de madrugada.

“Vi sair de malas de automóveis caixas com bebidas alcoólicas. As autoridades, onde estão?”, questiona o autarca.

Também esta sexta-feira de madrugada, a GNR foi chamada à discoteca Lagars, em Amares, por funcionar além da 01h00. Os militares autuaram cerca de 20 jovens por não terem máscara. A partilha nas redes sociais de vídeos com pessoas a dançar levou o vice-presidente da Câmara de Amares a solicitar atenção redobrada à GNR.

Entretanto, os números de ontem da Direção-Geral da Saúde dão conta de mais 486 pessoas infetadas, o maior aumento de casos em quase quatro meses. As regiões de Lisboa e Vale do Tejo e Norte têm a maior parte dos casos.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Ver comentários