Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
8

Casam ao som do 'metal'

Centenas de motards vieram de várias zonas do País para assistir à união dos ‘irmãos’.
André Pereira e Hugo Mesquita 3 de Agosto de 2015 às 22:30
O casal de partida para a lua de mel na Chopper de 'Slim'
O casal de partida para a lua de mel na Chopper de 'Slim' FOTO: Bruno Colaço
Foi ao som da música ‘Ich Will’ (‘Eu Quero’), da banda alemã de heavy metal Rammstein, que ‘Poker de Ases’ caminhou até ao altar para se casar com ‘Slim’. A cerimónia civil, realizada ontem num restaurante em São Marcos, Cacém (Sintra), contou com a presença de centenas de motards de várias zonas do País que fizeram questão de assistir ao casamento.

Ana Fernandes e Paulo Santos conheceram-se há três anos via internet, num site de relacionamentos. Foi a paixão de Ana pelas motas que despertou o interesse de Paulo. "Ela disse-me que teve uma mota. Eu pensei que fosse uma pequenita, de pouca cilindrada, mas estava enganado. Era um motão", recorda Paulo Santos, que recebeu dos ‘irmãos’ motards a alcunha ‘Slim’ por ser magro.

Já a ‘Poker de Ases’ é explicada pela t-shirt usada por Ana no primeiro encontro com ‘Slim’. Quanto à escolha da música, ‘Poker de Ases’ explica que, além de ser a sua preferida, era o "som ambiente do primeiro encontro".

Depois da jura de amor e do beijo, os noivos foram saudados com um cruzamento de capacetes, ao som de ‘Born to be Wild’. A lua de mel é uma viagem de norte a sul do País, na mota Chopper de ‘Slim’.
motard casamento metal união cerimónia encontro