Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
6

Centro Hospitalar assume cuidados a prestar aos idosos do lar de Vila Real

Na quinta-feira foram conhecidos mais 25 casos de coronavírus no Lar de Nossa Senhora das Dores.
Lusa 27 de Março de 2020 às 08:29
Lar de Nossa Senhora das Dores
Lar de Nossa Senhora das Dores FOTO: CMTV
O Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD) assumiu os cuidados a prestar aos idosos do lar de Vila Real, prevendo-se que esta sexta-feira sejam retirados daquele edifício, informou a câmara municipal.

Depois de, na quinta-feira à noite, terem sido conhecidos mais 25 casos de covid-19 no Lar de Nossa Senhora das Dores, elevando para 45 os infetados, o presidente da câmara de Vila Real, Rui Santos, anunciou a retirada dos idosos com resultados positivos.

Segundo a autarquia, foram encaminhados três utentes com testes positivos à covid-19 para o CHTMAD e foi ainda retirado um utente com teste negativo, que foi transferido para Vila Nova de Gaia.

Nessa altura, de acordo com a fonte, o centro hospitalar "decidiu enviar para o lar a sua diretora clínica, dois enfermeiros e dois auxiliares, para avaliarem a condição médica dos utentes presentes no lar, antes de continuar a evacuação".

"Foi proposto pela diretora clínica interromper a evacuação, ficando os elementos do CHTMAD, os elementos do Exército, da Cruz Vermelha e as funcionárias do Lar, a assegurar a assistência aos utentes durante a noite", referiu.

Foi ainda dada a possibilidade a todas as funcionárias de saírem do edifício, passando a cumprir o isolamento profilático nas suas casas, no entanto, estas optaram por permanecer junto dos utentes.

"O CHTMAD assumiu assim os cuidados a prestar aos idosos, aguardando-se que hoje os reencaminhem para as suas instalações ou outras que considerem adequadas", afirmou a câmara.

O município de Vila Real garantiu que vai continuar a acompanhar o desenvolvimento desta situação que passou "para a alçada da saúde".

O primeiro caso de um idoso com covid-19 no Lar de Nossa Senhora das Dores foi detetado no domingo. Na terça-feira foram divulgados 13 utentes e sete funcionários positivos e, na quarta-feira, 11 idosos foram transferidos para o hospital militar do Porto. Dois já se encontravam no CHTMAD.

Também na quarta-feira foram realizados mais 75 testes aos restantes residentes e colaboradores que se encontravam nesta instituição particular de solidariedade social.

Na quinta-feira à noite, o presidente da Câmara de Vila Real disse que foram detetados mais 25 idosos e funcionários com covid-19 no lar, elevando para 45 o número de infetados nesta instituição.

No entanto, ressalvou, que estavam apenas conhecidos 29 dos 75 testes realizados, faltando ainda apurar 46 resultados.

Em Portugal, registaram-se 60 mortes, mais 17 do que na véspera (+39,5%), e 3.544 infeções confirmadas, segundo o balanço feito na quinta-feira pela Direção-Geral da Saúde, que identificou 549 novos casos em relação a quarta-feira (+18,3%).

Ver comentários