Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Chefe infetado na cadeia de Monsanto teve contacto com colegas

"Depois disto, apenas três pessoas foram enviadas para casa em quarentena", disse Jorge Alves, líder sindical.
Miguel Curado 21 de Setembro de 2020 às 19:50
Coronavírus
Coronavírus FOTO: IStockPhoto

Um chefe principal da cadeia de alta segurança de Monsanto, em Lisboa, soube esta segunda-feira estar infetado com a doença Covid-19.

Segundo denúncia do Sindicato Nacional da Guarda Prisional ao CM, este profissional "contactou com colegas na prisão de Monsanto, e no batalhão do Grupo de Intervenção em Serviços Prisionais (GISP), no final da semana passada".

"Depois disto, apenas três pessoas foram enviadas para casa em quarentena", disse ao CM Jorge Alves, líder sindical.

Contactada pelo CM, a Direção-Geral dos Serviços Prisionais confirmou este caso de contágio.

O mesmo organismo frisa "atuar sempre nestas situações em articulação com a Direção-Geral de Saúde, pelo que o levantamento dos contactos de proximidade suscetíveis de contágio e os procedimentos a seguir, no que respeita a isolamento e teste, se fazem de acordo com os critérios e diretrizes da Direção Geral de Saúde".

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
guerra prisão distúrbios guerras e conflitos crime lei e justiça Lisboa Covid-19 Monsanto
Ver comentários