Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Aumento mamário sem próteses

Gordura é extraída de uma parte do corpo, tratada e depois é injetada no peito da paciente.
Francisca Genésio 5 de Agosto de 2018 às 10:07
Cirurgia garante maior volume mamário sem próteses
Cirurgia garante maior volume mamário sem próteses
Cirurgia
Cirurgia que garante maior volume mamário sem próteses não afeta a amamentação
Cirurgia garante maior volume mamário sem próteses
Cirurgia garante maior volume mamário sem próteses
Cirurgia
Cirurgia que garante maior volume mamário sem próteses não afeta a amamentação
Cirurgia garante maior volume mamário sem próteses
Cirurgia garante maior volume mamário sem próteses
Cirurgia
Cirurgia que garante maior volume mamário sem próteses não afeta a amamentação

Há cada vez mais mulheres em Portugal que recorrem à cirurgia plástica para resolver o problema do peito pequeno. Mas se até há bem pouco tempo o aumento mamário só era possível com recurso a próteses agora há uma nova solução.

"O aumento da mama sem recurso a próteses faz-se através do autoenxerto de gordura. Realiza-se uma lipoaspiração numa área em que exista um depósito de adiposidade localizada e a gordura extraída é tratada e infiltrada na região mamária, sempre com controlo de manuseamento e assepsia", esclarece o cirurgião plástico Nuno Fradinho.

A técnica tem-se tornado popular e é cada vez mais procurada. Destina-se a mulheres que queiram "aumentos menos pronunciados do volume" mas ainda assim, nem todas podem submeter-se a esta operação.

"A mama deverá ter algumas características para poder ter o resultado desejado: uma forma normal, pele elástica, sem excesso pronunciado de pele, e alguma espessura para poder receber a gordura", explica o cirurgião.

A gordura é normalmente extraída do abdómen ou das coxas e a cirurgia demora entre 90 a 120 minutos, sendo realizada com sedação epidural e anestesia local.

Exercícios que envolvem braços colocados de parte
Os cuidados a ter após a intervenção de aumento mamário começam ainda no bloco de operações, com a colocação do sutiã cirúrgico. "A recuperação é relativamente rápida: nos primeiros dias existem algumas nódoas negras na mama e na zona lipoaspirada, deverá ser usada uma cinta elástica e um sutiã que diminuam o inchaço", alerta o especialista Nuno Fradinho.

Passada uma semana da cirurgia, as pacientes podem começar, aos poucos, a retomar a sua atividade diária, ainda que o exercício físico, sobretudo desportos que envolvam movimentos bruscos dos braços e grandes esforços, incluindo o levantamento de pesos, deva ser colocado de parte.

"Na maioria dos casos, ao fim de duas ou três semanas, já não existe qualquer impedimento à totalidade das atividades do dia a dia, incluindo o trabalho e o desporto", reforça. De acordo com os especialistas, a mulher deve também ter presente que o tamanho real do peito só poderá ser observado quando o inchaço associado à intervenção cirúrgica diminuir, passados alguns dias.

Cirurgia não impede amamentação
A técnica do lipofilling é realizada com "cânulas muito finas e atraumáticas, com incisões muito pequenas", o que, de acordo com o médico Nuno Fradinho, não danifica, normalmente, "a estrutura glandular da mama", garantindo assim à mulher a amamentação. Também o rastreio à mama "pode e deve ser realizado em mulheres submetidas" à técnica, sublinha o cirurgião.

DISCURSO DIRETO
Nuno Fradinho, cirurgião na Clínica My Moment, Lisboa

"Podemos estimar o volume"

- Neste tipo de cirurgia a mulher consegue escolher o tamanho?
Nuno Fradinho - Podemos estimar o volume de tecido adiposo a transferir, para darmos uma ideia aproximada do tamanho final, embora não seja com a mesma precisão como com próteses.

- Qual a operação mais escolhida para o aumento mamário?
Nuno Fradinho - Ainda é a mamoplastia de aumento com próteses. Pela versatilidade de se poder usar praticamente em qualquer mulher, independentemente da forma ou volume originais e pela possibilidade de se poder obter um aumento maior.

Portugal Clínica My Moment Nuno Fradinho - Ainda cirurgião Lisboa Neste Qual questões sociais saúde
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)