Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
8

Obras congestionam circulação na Praça de Espanha, em Lisboa, até 9 de setembro

O acesso será apenas disponibilizado a viaturas de emergência.
Lusa 25 de Agosto de 2020 às 12:10
Jardim em que se irá transformar a Praça de Espanha
Nova praça de Espanha vai ter jardim gigante e menos carros
Obras na Praça de Espanha em Lisboa começam com condicionamentos ao trânsito
Jardim em que se irá transformar a Praça de Espanha
Nova praça de Espanha vai ter jardim gigante e menos carros
Obras na Praça de Espanha em Lisboa começam com condicionamentos ao trânsito
Jardim em que se irá transformar a Praça de Espanha
Nova praça de Espanha vai ter jardim gigante e menos carros
Obras na Praça de Espanha em Lisboa começam com condicionamentos ao trânsito
O trânsito na Praça de Espanha, em Lisboa, vai estar condicionado a partir de quarta-feira e até 09 de setembro no período noturno, entre as 21:00 e as 05:00, devido a trabalhos de repavimentação, informou esta terça-feira o município.

Em comunicado, a Câmara Municipal de Lisboa refere que os trabalhos de repavimentação no âmbito das obras de requalificação da rede viária e dos espaços exteriores da Praça de Espanha podem levar ao corte total ou pontual do trânsito nestes períodos.

Os trabalhos arrancam na noite de quarta para quinta-feira, entre as 21h00 e as 05h00, e afetam o ramo de entrada da Avenida dos Combatentes para a Avenida Columbano Bordalo Pinheiro, a Avenida Columbano Bordalo Pinheiro no sentido Sete Rios e zonas de viragem desta artéria (via norte).

Neste dia está prevista uma interrupção na via norte na totalidade, condicionando o acesso à Avenida Columbano Bordalo Pinheiro e à Rua Professor Lima Bastos.

O desvio do trânsito será feito através da Avenida dos Combatentes/Avenida Calouste Gulbenkian/Rua de Campolide e/ou Avenida dos Combatentes/Avenida Calouste Gulbenkian/Rua Cardeal Saraiva/Avenida José Malhoa/Rua Basílio Teles.

O acesso será apenas disponibilizado a viaturas de emergência.

Até 09 de setembro, ruas e avenidas da zona vão ser afetadas de forma pontual ou total, sempre com alternativas.

As obras do novo Parque Urbano da Praça de Espanha começaram em 13 de janeiro e deverão estar concluídas este ano.

Na altura do lançamento da obra, o presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, disse que as obras vão incluir "um número muito significativo de árvores", zonas de "clareiras de fruição", parques infantis, esplanadas e quiosques, retomando a água como "elemento central" do espaço.

Medina considerou que o parque vai "permitir uma melhor vivência" a todas as pessoas que vão poder atravessar a pé a Praça de Espanha, utilizando uma ponte pedonal que a ligará à Gulbenkian.

A empreitada, lançada com um preço base superior a seis milhões de euros, inclui também uma transformação da rede viária atual em dois grandes cruzamentos.

Ver comentários