Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

Conheça os santos portugueses reconhecidos pela Igreja Católica

Francisco e Jacinta Marto, os pastorinhos de Fátima, irão compor esta lista.
20 de Abril de 2017 às 12:36
São Teotónio - Religioso do séc. XII, fundador dos Cónegos Regulares da Santa Cruz e Santo Padroeiro da Diocese de Viseu
Santo Ambrósio Francisco Ferro - Padre, um dos 'Mártires do Brasil'
São Nuno de Santa Maria - Também conhecido como Nuno Álvares Pereira ou Santo Condestável, foi um general português do séc. XIV
Santo António de Lisboa - Também conhecido como Santo António de Pádua, foi um Doutor da Igreja durante a viragem do séc. XII para o séc. XIII. É o santo padroeiro da capital
São João de Deus - Nascido em Montemor-o-Novo no séc. XV, distinguiu-se pela sua assistência aos pobres e aos necessitados, através da criação de um hospital em Granada e com a fundação da Ordem dos Irmãos Hospitaleiros
São João de Brito - Mártir e missionário jesuíta português do séc. XVII
Santa Beatriz da Silva - Nobre e religiosa portuguesa do séc. XV, fundou a Ordem da Imaculada Conceição a pedido da Virgem Maria, que jura ter-lhe aparecido
Santa Sancha de Portugal, Santa Mafalda de Portugal e Santa Teresa de Portugal - Filhas de D. Sancho I, são as beatas portuguesas mais antigas
Santa Joana Princesa - Filha de D. Afonso V e D. Isabel, viveu quase toda a sua vida como monja no Convento de Jesus de Aveiro. Ficou conhecida por ter recusado várias propostas de casamento
São Teotónio - Religioso do séc. XII, fundador dos Cónegos Regulares da Santa Cruz e Santo Padroeiro da Diocese de Viseu
Santo Ambrósio Francisco Ferro - Padre, um dos 'Mártires do Brasil'
São Nuno de Santa Maria - Também conhecido como Nuno Álvares Pereira ou Santo Condestável, foi um general português do séc. XIV
Santo António de Lisboa - Também conhecido como Santo António de Pádua, foi um Doutor da Igreja durante a viragem do séc. XII para o séc. XIII. É o santo padroeiro da capital
São João de Deus - Nascido em Montemor-o-Novo no séc. XV, distinguiu-se pela sua assistência aos pobres e aos necessitados, através da criação de um hospital em Granada e com a fundação da Ordem dos Irmãos Hospitaleiros
São João de Brito - Mártir e missionário jesuíta português do séc. XVII
Santa Beatriz da Silva - Nobre e religiosa portuguesa do séc. XV, fundou a Ordem da Imaculada Conceição a pedido da Virgem Maria, que jura ter-lhe aparecido
Santa Sancha de Portugal, Santa Mafalda de Portugal e Santa Teresa de Portugal - Filhas de D. Sancho I, são as beatas portuguesas mais antigas
Santa Joana Princesa - Filha de D. Afonso V e D. Isabel, viveu quase toda a sua vida como monja no Convento de Jesus de Aveiro. Ficou conhecida por ter recusado várias propostas de casamento
São Teotónio - Religioso do séc. XII, fundador dos Cónegos Regulares da Santa Cruz e Santo Padroeiro da Diocese de Viseu
Santo Ambrósio Francisco Ferro - Padre, um dos 'Mártires do Brasil'
São Nuno de Santa Maria - Também conhecido como Nuno Álvares Pereira ou Santo Condestável, foi um general português do séc. XIV
Santo António de Lisboa - Também conhecido como Santo António de Pádua, foi um Doutor da Igreja durante a viragem do séc. XII para o séc. XIII. É o santo padroeiro da capital
São João de Deus - Nascido em Montemor-o-Novo no séc. XV, distinguiu-se pela sua assistência aos pobres e aos necessitados, através da criação de um hospital em Granada e com a fundação da Ordem dos Irmãos Hospitaleiros
São João de Brito - Mártir e missionário jesuíta português do séc. XVII
Santa Beatriz da Silva - Nobre e religiosa portuguesa do séc. XV, fundou a Ordem da Imaculada Conceição a pedido da Virgem Maria, que jura ter-lhe aparecido
Santa Sancha de Portugal, Santa Mafalda de Portugal e Santa Teresa de Portugal - Filhas de D. Sancho I, são as beatas portuguesas mais antigas
Santa Joana Princesa - Filha de D. Afonso V e D. Isabel, viveu quase toda a sua vida como monja no Convento de Jesus de Aveiro. Ficou conhecida por ter recusado várias propostas de casamento
São Teotónio (1082-1162) é o primeiro de uma lista de pouco mais de dez santos nascidos em Portugal, a que se juntará, a 13 de Maio, os dois pastorinhos de Fátima Jacinta e Francisco.

O santo português de canonização mais recente é o padre português Ambrósio Francisco Ferro, a 23 de março, no mesmo dia em que foi reconhecido pelo Vaticano o "milagre" que permitirá aos pastorinho Jacinta e Francisca tornarem-se santos.

S. Teotónio (1082-1162) foi o primeiro prior do mosteiro de Santa Cruz, em Coimbra, e aliado do rei D. Afonso Henriques, atualmente é padroeiro da cidade e diocese de Viseu. Morreu em junho de 1645 durante perseguições pelas tropas holandesas no contexto das Guerras da Restauração, no Brasil.

Da lista fazem parte, entre outros, S. Nuno de Santa Maria (1360-1431), mais conhecido como Santo Condestável, canonizado por Bento XVI em abril de 2009.

Santo António de Lisboa, S. João de Brito, S. João de Deus e Santa Beatriz da Silva são outros dos outros canonizados, aos quais se juntam mais de 50 beatos.

O grupo de beatos de nacionalidade portuguesa inclui os "40 mártires do Brasil" -- 32 jesuítas portugueses e oito espanhóis --, liderados pelo padre Inácio de Azevedo, do Porto, que foram lançados ao mar pelos calvinistas franceses, em 1570, ao largo da ilha espanhola de La Palma, nas Canárias.

Este grupo de religiosos foi beatificado por Pio IX, em 1854.

As filhas do rei D. Sancho I, Sancha, Mafalda e Teresa são as mais antigas beatas portuguesas, beatificadas no século XVIII, mas não as únicas de ascendência real. Da lista consta também a filha de D. Afonso V, Joana (1452-1490), conhecida por Santa Joana Princesa.
Ver comentários