Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

"Com a corda no pescoço": Centenas manifestam-se em Lisboa pela restauração

Empresários queixam-se que medidas de apoio são insuficientes e muitos não vão aguentar.
Correio da Manhã 14 de Novembro de 2020 às 12:37
Manifestação no Rossio, em Lisboa
Manifestação no Rossio, em Lisboa
Manifestação no Rossio, em Lisboa
Manifestação no Rossio, em Lisboa
Manifestação no Rossio, em Lisboa
Manifestação no Rossio, em Lisboa
Manifestação no Rossio, em Lisboa
Manifestação no Rossio, em Lisboa
Manifestação no Rossio, em Lisboa
Manifestação no Rossio, em Lisboa
Manifestação no Rossio, em Lisboa
Manifestação no Rossio, em Lisboa
Manifestação no Rossio, em Lisboa
Manifestação no Rossio, em Lisboa
Manifestação no Rossio, em Lisboa
Manifestação no Rossio, em Lisboa
Manifestação no Rossio, em Lisboa
Manifestação no Rossio, em Lisboa
Várias dezenas de pessoas juntaram-se ao início desta tarde de sábado no Rossio, Lisboa, para se manifestarem contra as medidas do Governo para travar a pandemia. 

Os empresários contestam as medidas afirmando que estas estão a ser muito prejudiciais para os setores da restauração e da diversão noturna e queixam-se de apoios insuficientes. "Oito meses é muito tempo", lê-se num dos cartazes exibidos.

Os manifestantes defendem ainda a dualidade de critérios no que toca, por exemplo, aos supermercados aos quais é permitido estarem abertos mais tempo. "Estamos com a corda ao pescoço" e "as ajudas são esmolas, estamos encerrados há 8 meses" são apenas algumas das afirmações proferidas na manifestação.


O chef Ljubomir é um dos manifestantes que acusa os governantes de estarem a viver às custas do povo: "Os carrinhos com que vocês andam, não são carrinhos de brincar, é o povo que está a pagar". 

O polémico chef defende ainda que "estão a matar os que querem trabalhar".

A manifestação faz parte do movimento "A Pão e Água". Esta sexta-feira, o Porto foi palco de uma protestos do mesmo movimento que resultaram em momentos de tensão.
Rossio Lisboa Governo questões sociais
Ver comentários