Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
6

Vacina Covid da AstraZeneca desaconselhada a maiores de 65 anos já foi administrada a 30 idosos em Portugal

Direção-Geral da Saúde diz que à falta de uma segunda dose da Pfizer ou da Moderna, deve ser administrada uma de outra farmacêutica.
J.S. 28 de Fevereiro de 2021 às 11:27
A carregar o vídeo ...
Vacina Covid da AstraZeneca desaconselhada a maiores de 65 anos já foi administrada a 30 idosos em Portugal

Em Portugal há pelo menos 30 pessoas com mais de 70 anos que receberam a imunidade contra a Covid-19 com a vacina da AstraZeneca, divulgou o Centro Europeu para o Controlo e Prevenção das Doenças, no relatório ‘Visão Geral da Aplicação da Vacina’.

No País esta vacina não está recomendada a maiores de 65 anos. Contudo, segundo a norma da Direção-Geral da Saúde, à falta de uma segunda dose da Pfizer ou da Moderna, deve ser administrada uma de outra farmacêutica a pessoas com mais de 65 anos. Por situações deste tipo terão passado algumas das três dezenas de pessoas, uma vez que as duas outras vacinas estão sujeitas a uma gestão apertada das doses.

Das 741 399 doses da Pfizer entregues em Portugal tinham sido administradas 93,5%. Por sua vez, das 42 mil unidades recebidas por parte da farmacêutica Moderna foram aplicadas 61,2%, revela o Centro Europeu de Controlo e Prevenção das Doenças.

Das 177 600 doses entregues em Portugal pela AstraZeneca foram administradas menos de metade (43,8%), num total de 77 505. Do grupo de 30 idosos que recebeu a imunidade desta farmacêutica, 7 são pessoas com mais de 80 anos e 23 estão na faixa etária 70-80. Para já, não há uma explicação do Ministério da Saúde sobre a razão desta inoculação.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Astrazeneca Centro Europeu para o Controlo e Prevenção das Doenças Portugal Covid-19 Pfizer Moderna saúde
Ver comentários