Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Detetado o novo coronavírus em visons na Polónia

Na Dinamarca, uma mutação do vírus foi encontrada em mais de 200 pessoas infetadas por visons, tendo o Governo decidido abater 15 milhões de animais.
Lusa 24 de Novembro de 2020 às 21:41
Visons
Visons FOTO: Getty
Cientistas polacos detetaram hoje os primeiros casos do novo coronavírus em martas, tendo examinado 91 animais criados em cativeiro e confirmado a infeção em oito deles.

"Este é o primeiro caso de infeção confirmada de animais de cativeiro com o vírus SARS-CoV-2 na Polónia", disseram os investigadores da Universidade de Medicina de Gdansk que trabalharam em cooperação com veterinários.

Os casos de coronavírus foram detetados numa fazenda de criação de visons (ou martas) na região da Pomerânia, no norte da Polónia.

As descobertas dos cientistas polacos surgiram dois dias depois do Governo francês ter ordenado o abate de todos os visons de um cativeiro depois de uma análise ter mostrado que uma versão mutante do novo coronavírus estava a circular entre os animais.

Na Dinamarca, uma mutação do vírus foi encontrada em mais de 200 pessoas infetadas por visons, tendo o Governo decidido abater 15 milhões de animais.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Polónia Governo ambiente covid-19 coronavírus
Ver comentários