Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

Bactéria alimentar estará na origem de morte de menina da Maia

Bactéria fatal para Joana Teixeira, de 7 anos.
Paulo Jorge Duarte 22 de Novembro de 2017 às 00:04
Joana Teixeira tinha sete anos e morreu no dia 13
Menina estudava no Centro Escolar de Gandra
A sepultura em Águas Santas
Joana Teixeira tinha sete anos e morreu no dia 13
Menina estudava no Centro Escolar de Gandra
A sepultura em Águas Santas
Joana Teixeira tinha sete anos e morreu no dia 13
Menina estudava no Centro Escolar de Gandra
A sepultura em Águas Santas
Joana Teixeira, a menina de sete anos que morreu na sequência de uma falência renal, terá sido vítima de uma bactéria, que " terá sido contraída a partir de uma fonte alimentar".

De acordo com a Direção-Geral de Alimentação e Veterinária, a bactéria que causou a doença foi identificada pela Autoridade de Saúde como sendo a bactéria ‘Escherichia coli’, conhecida por E-coli.

A Administração Regional de Saúde do Norte já havia confirmado a origem e forma de transmissão da doença: "Esta doença infecciosa adquire-se, principalmente, através da ingestão de alimentos ou água contaminados, sendo também possível a transmissão pessoa a pessoa", pode ler-se no comunicado da ARSN.

A E-coli é uma bactéria comum e que existe naturalmente nos intestinos, mas que, quando cresce descontroladamente, pode provocar infeções graves.

Joana teve vómitos e diarreia durante alguns dias antes de ser admitida num hospital em Alfena, Valongo. Como o seu estado de saúde se agravou, foi transferida para o Hospital de São João, no Porto, onde morreu dois dias depois.
E-coli Maia menina Joana bactéria alimentar
Ver comentários