Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

EDP recebe na sexta-feira ventiladores e monitores para doar aos hospitais

Equipamentos foram adquiridos pela EDP e a pela sua principal acionista, a China Three Gorges (CTG), que previam fazer a sua entrega ao Ministério da Saúde no final do mês.
Lusa 29 de Março de 2020 às 19:35
EDP
EDP FOTO: Reuters
Cinquenta ventiladores, 200 monitores e outros equipamentos de apoio médico adquiridos pela EDP para serem oferecidos aos hospitais portugueses chegam a Lisboa na próxima sexta-feira, anunciou fonte oficial da empresa.

Os equipamentos foram adquiridos pela EDP e a pela sua principal acionista, a China Three Gorges (CTG), que previam fazer a sua entrega ao Ministério da Saúde no final do mês.

Num comunicado divulgado no passado dia 19, as duas empresas indicavam ter que adquirido, em coordenação com o Ministério da Saúde e com o apoio da Embaixada de Portugal em Pequim, "50 ventiladores e 200 monitores médicos, bem como respetivos consumíveis e equipamentos de suporte associados, num total de cerca de 4 milhões de euros".

"Estes equipamentos médicos - já homologados pelo Ministério da Saúde - poderão mostrar-se decisivos para todos aqueles que sejam afetados de modo mais crítico pela Covid-19, sobretudo numa altura em que os 'stocks' mundiais se têm mostrado insuficientes para a elevada procura", sublinha a EDP e a CTG no comunicado.

Com esta iniciativa, "a EDP e a CTG juntam-se ao esforço coletivo das equipas médicas no terreno na luta contra esta epidemia", realçam.

A esta ação juntam-se "cerca de duas mil pessoas" que estão no terreno, centros de despacho e centros produtores "para garantir que a energia chega a casa de todos os portugueses", lê-se no comunicado.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 667 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 31.000.

Dos casos de infeção, pelo menos 134.700 são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 119 mortes, mais 19 do que na véspera (+19%), e registaram-se 5.962 casos de infeções confirmadas, mais 792 casos em relação a sábado (+15,3%).

EDP Lisboa CTG Ministério da Saúde saúde questões sociais doenças
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)