Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
6

EDP Solidária apoia doentes e carenciados

Dezanove instituições foram contempladas este ano com 500 mil euros, o valor mais elevado de sempre atribuído pelo programa EDP Solidária, da Fundação EDP.
8 de Julho de 2010 às 14:18
Fundação apoia recém-nascidos de pais carenciados, entre outros
Fundação apoia recém-nascidos de pais carenciados, entre outros FOTO: D.R.

As ajudas foram atribuídas a projectos que contemplam o apoio a recém-nascidos de pais com carências, formação profissional de desempregados, ajuda a sem-abrigo, inserção social, ideias que defendem a sustentabilidade ambiental, deficientes, idosos, entre outros.

Este ano foram distribuídos pela EDP Solidária 700 mil euros, dos quais 500 mil às 19 instituições e ainda 150 mil euros na segunda edição do EDP Solidária Barragens e 50  mil euros investidos na ajuda à recuperação de projectos relacionados com a recuperação do Funchal, após a catástrofe que afectou a Madeira.

Na edição de 2010 foi apresentado um número recorde de candidaturas (445), tendo 19 sido aprovadas por um júri composto por Valente de Oliveira, Fernando Ruas e Jardim Gonçalves. O programa vai na sétima edição.

Sérgio Figueiredo, presidente da Fundação EDP, salientou nesta quinta-feira na cerimónia de apresentação dos projectos aprovados, que se realizou no Museu da Electricidade, em Lisboa, que o “programa não visa transformar uma fila de pedidos de apoio avulso e sem visão mas um programa com continuidade”.

“O programa gera resultados a médio prazo, não nos vejam como mecenas, porque não financiamos instituições, mas financiamos trabalho. Temos uma atitude de parceria que obriga a trabalho de campo”, afirmou Sérgio Figueiredo.

Francisco Sanches, responsável pelo Programa EDP Solidária, afirmou ao CM que o aumento do número de candidaturas apresentadas tem vindo a aumentar, o “que traduz as dificuldades económicas do País, mas também a maior visibilidade que o programa tem revelado nos últimos anos”.

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)