Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Empresa de transporte de passageiros disponibiliza-se para compras para prevenir propagação do coronavírus

Ação visa proteger população mais idosa e motoristas no Sabugal.
Lusa 18 de Março de 2020 às 13:11
Carrinho de compras
Carrinho de compras FOTO: Getty Images
Uma empresa de transporte de passageiros com sede no Sabugal, no distrito da Guarda, disponibilizou-se para, nos horários das carreiras, efetuar "despachos de compras do dia-a-dia e de medicamentos" nas aldeias abrangidas pela rede de transportes.

"Como uma das medidas de contingência preventiva para a propagação do Covid-19 com o objetivo de evitar o maior número possível de pontos de contágio de colaboradores e passageiros, e porque uma faixa importante dos nossos passageiros integra um dos grupos de risco [idosos], a Viúva Monteiro disponibiliza-se, nos horários das carreiras, a efetuar despachos de compras do dia-a-dia e de medicamentos", refere a empresa Viúva Monteiro & Irmão, Lda. numa nota publicada na sua página do Facebook.

A empresa acrescenta que, desta forma, evita "que a população sénior se exponha o menos possível a eventuais contágios" e protege os motoristas, "pois estarão confinados dentro da viatura, com o menor número de passageiros".

Segundo a fonte, os interessados no serviço devem contactar a empresa através do telefone 271753405 ou do 'email' geral@viuvamonteiro.pt e indicar o que precisam, sendo as encomendas posteriormente entregues "na paragem da aldeia, no horário da respetiva carreira".

A iniciativa foi iniciada na terça-feira e, segundo Ana Luísa Monteiro, da gerência da empresa, já foi recebido um contacto telefónico de uma pessoa que pediu informações "sobre a forma de pagamento" dos serviços disponibilizados.

"Ainda não temos encomendas porque as pessoas mais necessitadas serão os idosos e não têm acesso às redes sociais", justificou.

Ana Luísa Monteiro adiantou à agência Lusa que a empresa já fez chegar a informação às Juntas de Freguesia e os próprios motoristas dos autocarros estão a "passar a mensagem" aos passageiros.

"Mais dia, menos dia, começaremos a ter alguns pedidos", vaticina a responsável da empresa de transportes que opera no concelho do Sabugal e nas zonas Leste e Sul do concelho da Guarda.

O coronavírus responsável pela pandemia da Covid-19 infetou mais de 189 mil pessoas, das quais mais de 7.800 morreram.

O surto começou na China, em dezembro de 2019, e espalhou-se por mais de 146 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Os países mais afetados depois da China são a Itália, com 2.503 mortes para 31.506 casos, o Irão, com 988 mortes (16.169 casos), a Espanha, com 491 mortes (11.178 casos) e a França com 148 mortes (6.633 casos).

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) elevou na terça-feira o número de casos confirmados de infeção para 448, mais 117 do que na segunda-feira, dia em que se registou a primeira morte no país.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)