Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
8

Está a trabalhar a partir de casa? Descubra como pode melhorar a velocidade da sua internet

Recurso ao Wi-Fi nem sempre é uma boa opção quando está em regime de teletrabalho.
Correio da Manhã 25 de Março de 2020 às 14:47
Computador
Computador FOTO: Getty Images
Muitos protugueses encontram-se em casa, em regime de teletrabalho devido ao coronavírus. No entanto, este modo de trabalhar nem sempre significa uma produtividade. Uma das maiores dores de cabeça ao trabalhar em casa pode muito bem ser a velocidade da internet.

De acordo com um site de telecomunicações britânico, a Ofcom, existe um conjunto de dicas que melhoram a velocidade da internet nestes tempos de quarentena em que o uso da mesma disparou.

Uma das primeiras dicas é evitar usar o microondas se está a fazer determinadas tarefas. "Não utilize o microondas enquanto faz chamadas de vídeo, vê vídeos em HD ou faz algo realmente importante online", alerta a Ofcom, afirmando que este ato reduz a força do sinal da rede Wi-Fi.

"Telefones sem fio, monitores de controlo de bebés, lâmpadas halógenas, aparelhos de som e altifalantes de computador, as televisões e monitores, todos podem afetar o sinal de Wi-Fi se estiverem muito próximos ao router da internet", avisa a mesma entidade.

Os conselhos incluem ainda desligar a internet em dispositivos sem fios e que não estão em utilização, como iPads e televisões, uma vez que estes aparelhos requerem conexão.

Se tiver que realizar reuniões através de videochamada, opte por desligar o vídeo e utilizar apenas o áudio que exigirá muito menos conexão à internet.

O regulador britânico recomenda ainda conectar-se à internet através de fio e não pela rede Wi-Fi, por exemplo os computadores portáteis, quando utilizados para tarefas essenciais, devem estar ligados diretamente ao router.

A Ofcom relembra ainda que, quanto maior for a qualidade do cabo, melhor será a velocidade da internet.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)