Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Estudo revela características comuns nas pessoas que já foram traídas

19% dos inquiridos admitiu já ter sido traído em algum momento da sua vida.
Correio da Manhã 11 de Julho de 2020 às 11:58
Traição
Traição FOTO: Getty Images
Um estudo elaborado pela Universidade de Ohio, nos Estados Unidos, concluiu que há determinadas características que deixam as pessoas mais predispostas à traição.

A pesquisa, liderada por Meghan Mahambrey, foi divulgada pelo jornal metro e contou com a participação de 1.577 pessoas, entre as quais 898 casados. 19% dos inquiridos admitiu já ter sido traído em algum momento da sua vida.

Depois de analisarem o perfil das pessoas, os investigadores chegaram à conclusão que as pessoas mais simpáticas, divertidas e descontraídas têm maior probabilidade de vir a ser traídas pelo/a companheiro/a.

Os académicos acreditam que uma das explicações para esse fenómeno pode ser o facto da pessoa que trai sentir que será perdoado se cometer uma traição.

A pesquisa concluiu ainda que as pessoas mais preguiçosas e infantis estavam mais predispostos a serem traídos.

Universidade de Ohio Estados Unidos crime lei e justiça ciência e tecnologia investigação interesse humano
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)