Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Festa de sexo na Comporta com mais de 40 convidados acontece este fim de semana. Orgia milionária preocupa autoridades

Direção-Geral da Saúde considera que o evento é ilegal e que ameaça a saúde pública.
Correio da Manhã 24 de Julho de 2020 às 19:14
Sexo
Sexo
Sexo
Sexo
Sexo
Sexo
Sexo
Sexo
Sexo
É já este sábado que se vai realizar uma festa milionária de sexo na Comporta.

O evento é organizado pela Purília - comunidade que promove eventos exclusivos para amantes do sexo.

A presença custa entre 1700 euros para uma pessoa e 3 mil para casal.

A organização garante que todos os participantes são submetidos a testes à Covid-19 e que só perante um resultado negativo podem participar.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) considera que o evento é ilegal e que ameaça a saúde pública, já que não estão autorizadas quaisquer festas e os ajuntamentos permitidos são até 20 pessoas.

Nestes encontros participam políticos, treinadores e jogadores de futebol, atores e estrelas da televisão.

A candidatura é feita na internet e segue-se uma seleção que inclui entrevistas.

As festas são muito seletas e é obrigatória a assinatura de um contrato de confidencialidade.
questões sociais Comporta
Ver comentários