Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Fila com 100 clientes para aceder a loja em Braga

'Novo normal' na ida dos portugueses ao shopping de Norte a Sul do País.
Liliana Rodrigues e A.R. 2 de Junho de 2020 às 08:24
Dezenas de pessoas formam fila de perder de vista à porta da Primark em Braga. Veja as imagens
Centro Comercial Colombo reforça medidas sanitárias e diz estar preparado para abrir já
Centro Comercial Colombo reforça medidas sanitárias e diz estar preparado para abrir já
Centro Comercial Colombo reforça medidas sanitárias e diz estar preparado para abrir já
Dezenas de pessoas formam fila de perder de vista à porta da Primark em Braga. Veja as imagens
Centro Comercial Colombo reforça medidas sanitárias e diz estar preparado para abrir já
Centro Comercial Colombo reforça medidas sanitárias e diz estar preparado para abrir já
Centro Comercial Colombo reforça medidas sanitárias e diz estar preparado para abrir já
Dezenas de pessoas formam fila de perder de vista à porta da Primark em Braga. Veja as imagens
Centro Comercial Colombo reforça medidas sanitárias e diz estar preparado para abrir já
Centro Comercial Colombo reforça medidas sanitárias e diz estar preparado para abrir já
Centro Comercial Colombo reforça medidas sanitárias e diz estar preparado para abrir já
Uma hora depois de reabrir portas, esta segunda-feira, mais de 100 pessoas esperavam pacientemente para poder entrar na loja Primark, no Braga Parque, em Braga.

A loja de roupa a preços acessíveis, com lotação para 140 clientes, foi a que gerou mais procura dos clientes que, não respeitando o espaço de dois metros de distância imposto, criaram uma fila que serpenteava pelos corredores do shopping. Grávidas, crianças e famílias inteiras incluídas.

"Esperamos 30 minutos até chegar à porta, até foi rápido, em casa o tempo demora mais a passar", brincava Joana Martins, prestes a entrar na loja para comprar roupa de verão para os filhos, "que cresceram bastante nos últimos meses e já não tinham nenhuma peça que servisse". 

"Estávamos a contar que esta loja em específico fosse mais procurada e por isso pedimos aos lojistas para se prepararem. Estamos com os seguranças a aconselhar as pessoas a não ficarem na fila e a voltarem mais tarde", explicou ao CM António Afonso, responsável pelo Braga Parque.

"Nesta altura temos 1200 pessoas no shopping. Temos de monitorizar bem a afluência pois temos um limite máximo de 4 mil pessoas que vamos cumprir, além do uso obrigatório de máscaras, e todas as lojas têm acrílicos de proteção na caixa e desinfetante à entrada", explicou o responsável do espaço comercial, cuja esmagadora maioria das lojas reabriu ontem de manhã.

"Aproveitei que tive uma consulta em Braga para sair de Aveiro e almoçar no shopping, matar saudades da comida. Mas só viemos almoçar", explicou um jovem que almoçava.

Pormenores
Lojas com lotação máxima
Na montra das lojas está afixado o número máximo de clientes que podem estar dentro de cada uma. A maioria fecha a porta quando a lotação é atingida.

Máscara e álcool
O uso de máscara é obrigatório dentro do shopping e todas as lojas têm à entrada desinfetantes para serem usados pelos clientes.

Pedido afastamento
Os seguranças estão atentos ao distanciamento entre clientes e, no caso de filas, abordam as pessoas pedindo que se afastem e mantenham dois metros de distância.

De Norte a Sul do País
NorteShopping em Matosinhos teve 2200 pessoas só da parte da manhã
O NorteShopping, em Matosinhos, abriu portas esta segunda-feira com medidas apertadas. O espaço tem agora uma capacidade total de 3700 pessoas, e esta segunda-feira de manhã 2200 passaram pela superfície comercial.

Foi junto da loja de roupa Primark que mais clientes esperaram para poder entrar e realizar as suas compras. O uso de máscaras é obrigatório no shopping, que tem à porta das lojas e pelos corredores gel desinfetante à disposição dos clientes.

Também os seguranças estão atentos ao distanciamento entre os clientes e se as lojas estão a cumprir a lotação que agora está afixada.

Lisboa com decisão dentro de dois dias
O Centro Colombo, em Lisboa, investiu no reforço das medidas sanitárias - os corrimãos das escadas rolantes têm desinfeção automática e há mais de 200 dispensadores de gel - e garante estar preparado para "abrir já".

A evolução da pandemia na região de Lisboa levou o Governo a adiar a decisão sobre a reabertura para quinta-feira.

Torres Vedras com grande afluência e clientes sem medo
A reabertura de portas do Arena Shopping, em Torres Vedras, teve esta segunda-feira uma grande afluência. Uma cliente declarou ao CM: "Não tive receio de vir ao shopping, não vi ninguém sem máscara e havia pessoas a limpar as superfícies."

Também Miguel Fontão, diretor-geral do Arena do Shopping, fez um balanço positivo deste primeiro dia de reabertura de portas.

"O nosso objetivo passa por transmitir, o mais possível, segurança aos nossos clientes: há doseadores com desinfetantes em vários espaços e cuidados redobrados. Assim, é possível entrar no shopping sem tocar nas superfícies e com circuitos alternados para evitar o mais possível grandes aglomerados", explicou.

Shopping de Viseu reabre com higiene e segurança
Há dispensadores de álcool-gel em vários pontos do espaço, no chão estão desenhadas setas que indicam o sentido que os visitantes devem seguir para não se cruzarem. Há ainda marcas que delimitam a distância de segurança, para além de uma constante higienização e renovação de ar.

São algumas das medidas adotadas pelo centro comercial Palácio do Gelo, em Viseu, que esta segunda-feira reabriu portas, ou seja, 150 lojas voltam a fazer negócio.

Os visitantes, todos de máscara, admitiram que já sentiam falta do espaço. "Tinha saudades. Muitas. De passear e de ir às compras", disse António Martins, de 27 anos.

"Tem havido distância de segurança"
"Já estava com algumas saudades de vir ao Forum [Algarve]. Trouxe máscara, higienizo as mãos e as pessoas aqui também têm mantido a distância de segurança. Espero que continue assim", revelou ao CM Adriana Fonte, que esta segunda-feira aproveitou a abertura das grandes superfícies para fazer compras. Para ajudar a este sentimento de segurança, o centro comercial impõe o uso obrigatório de máscara (se o cliente não tiver, o Forum oferece), instalou vários pontos de higienização das mãos e reforçou a segurança, para haver um maior controlo do cumprimento das regras.

Centro de Évora longe de encher
Na reabertura do Évora Plaza não foram muitos os eborenses a optar pelo espaço para ir às compras. O centro comercial esteve longe de encher.

O espaço dedicado às refeições, o único onde não é obrigatório o uso de máscara, viu reduzido o número de lugares para garantir o distanciamento. O cinema não tem data para reabrir.
Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Ver comentários