Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

Folia do Carnaval invade ruas de Norte a Sul do País

Milhares de pessoas aproveitaram o sol para se divertirem.
Bernardo Esteves, J.D., M.F., Tânia Rei, D.S.G. e Francisco Gomes 24 de Fevereiro de 2020 às 01:30
Desfile na Mealhada
Carnaval em Loulé
Carnaval em Pataias
Presidente da República celebrou este domingo o Carnaval na Festa dos Caretos, na aldeia transmontana de Podence
Carnaval
Desfile na Mealhada
Carnaval em Loulé
Carnaval em Pataias
Presidente da República celebrou este domingo o Carnaval na Festa dos Caretos, na aldeia transmontana de Podence
Carnaval
Desfile na Mealhada
Carnaval em Loulé
Carnaval em Pataias
Presidente da República celebrou este domingo o Carnaval na Festa dos Caretos, na aldeia transmontana de Podence
Carnaval
Com o sol a brilhar e temperaturas que ultrapassaram os 20 graus em pleno inverno, milhares de foliões aproveitaram para brincar este domingo ao Carnaval.

Os maiores corsos carnavalescos saíram à rua nas várias cidades do País onde o Carnaval é levado mais a sério... ou, neste caso, mais a brincar.

O Carnaval luso-brasileiro da Bairrada, voltou a encher de ritmo e imaginação as ruas da Mealhada, com as quatro escolas de samba da região a viajarem pelo Mundo em alusão aos descobrimentos portugueses e às brincadeiras do passado.

Em Loulé, que é considerado o corso mais antigo do País, milhares desfilaram debaixo de um sol quente, com muito samba e animação. Catorze carros alegóricos desfilaram este domingo, coloridos com um milhão de flores, segundo a organização.

Na vila de Pataias, 900 foliões saíram à rua para celebrar a tradição que se mantém há 22 anos. Milhares marcaram presença na plateia, enquanto os 13 grupos e 12 carros alegóricos corriam o percurso da festa.

O último desfile está agendado para amanhã.

Mealhada
Mulheres com corpos esculturais desfilaram este domingo num carnaval sempre marcado pelos ritmos brasileiros. Quatro escolas de samba animaram os festejos, com brincadeiras alusivas aos descobrimentos portugueses pelo mundo.

Loulé
A cidade algarvia voltou a ser palco de um desfile com muito samba, e animação, num carnaval marcado pelo bom tempo.

Pataias
Treze grupos de carnaval e 12 carros alegóricos desfilaram nas ruas da vila de pataias, numa tradição que se cumpre há 22 anos.

Sines
Carros alegóricos e escolas de samba, num total de dois mil foliões, desfilaram na cidade.

Loures
Quinze carros alegóricos e dois mil figurantes saíram este domingo para as ruas do centro da cidade.

Ovar
Mais de 20 mil pessoas viram 14 grupos carnavalescos e quatro escolas de samba apresentarem-se.

Elvas
Corso no centro histórico da cidade juntou famílias e amigos, num total de 750 mascarados.

Nazaré
Samba ao som das nazarenas encheu de brilho e animação as ruas da vila junto à praia.

Sesimbra
Desfile levou o Carnaval brasileiro ao público e não faltou o "samba no pé" dos sesimbrenses.

Samora Correia
Cortejo saiu atrasado, mas os foliões não perderam um minuto para se divertir.

Festa com sol enche ruas
A aldeia de Podence, no concelho de Macedo de Cavaleiros, encheu-se de pessoas para o primeiro dia de Entrudo Chocalheiro. O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, esteve presente nas festividades, conforme havia prometido em fevereiro, quando os Caretos de Podence foram reconhecidos como Património Imaterial da Humanidade pela UNESCO.

O chefe de Estado dançou com os caretos, tirou selfies e repetiu muitas vezes "ter muito orgulho em ser português".

Em Torres Vedras, não faltou muita animação, com destaque para as obrigatórias matrafonas. Houve também espaço para a sátira política, com o primeiro-ministro António Costa e o líder do PSD Rui Rio em papel de especial relevo.

Em Estarreja, foram mil figurantes os que desfilaram no mini sambódromo. Ao todo, 12 mil pessoas encheram as bancadas para ver os sete grupos de foliões e as cinco escolas e samba. O bom tempo que se fez sentir ajudou à festa do Carnaval que "tem uma qualidade cada vez maior" salientou o autarca, Diamantino Sabina.

Perto de cem mil pessoas assistiram este domingo na Nazaré ao desfile de vinte carros alegóricos com dois mil figurantes pela Avenida Marginal, batendo o recorde de espetadores, segundo a organização.

"É um Carnaval sem samba e artistas famosos, mas feito pelo povo nazareno", disse Walter Chicharro, presidente da autarquia que também se mascarou. 

418 acidentes de viação com uma vítima mortal
A GNR registou 418 acidentes rodoviários, com uma vítima mortal, 11 feridos graves e 135 feridos ligeiros, nos primeiros dois dias da Operação Carnaval 2020, que começou na passada sexta-feira.

Palácio em Oeiras recria século XVIII
O Palácio dos Marqueses, em Oeiras acolheu, pelo segundo ano seguido, uma festa de Carnaval em que foram recriadas as celebrações habituais no século XVIII, com trajes da época.

O Carnaval lá fora
Suiça
Centenas de pessoas desfilaram este domingo na cidade helvética de Bellinzona, que tem o segundo maior carnaval do país, a seguir ao da cidade debasileia.

Bélgica 
Desfile de Carnaval em Aalst utilizou bonecos de Boris Johnson e da Rainha Isabel II para brincar com o Brexit.

Bolívia
Na cidade boliviana de Oruro, dançarinos do grupo diablada fraternida- de foram destaque no desfile.

Hungria
Trajes de carnaval feitos com pelo de ovelha são utilizados em Mohacs desde o século XVI.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)