Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
8

Frio na escola leva alunos a fazer greve em Belmonte

Caldeira avariada há várias semanas impede aquecimento nas salas de aula.
Alexandre Salgueiro 16 de Janeiro de 2019 às 09:37
Frio na escola leva alunos a fazer greve em Belmonte
Frio na escola leva alunos a fazer greve em Belmonte
Frio na escola leva alunos a fazer greve em Belmonte
Frio na escola leva alunos a fazer greve em Belmonte
Frio na escola leva alunos a fazer greve em Belmonte
Frio na escola leva alunos a fazer greve em Belmonte
Mais de duas centenas de alunos da Escola Básica e Secundária Pedro Álvares Cabral, em Belmonte, iniciaram ontem uma greve às aulas devido ao frio que se faz sentir no interior do estabelecimento.

A situação arrasta-se há duas semanas e tem obrigado professores e alunos a vestirem agasalhos extra e a levarem mantas para se cobrirem nas salas de aula.

"Puseram um aquecedor em cada sala, mas não é suficiente porque os espaços são grandes. O frio é muito intenso e as mantas e os casacos extra não são confortáveis nem práticos para quem está a estudar", diz Margarida Geraldes, de 15 anos.

A aluna do 9º ano revela que a sua turma já teve aulas na rua "porque ao sol sempre se estava mais confortável que dentro da sala de aula".

Ao que o CM apurou, a falta de aquecimento deve-se a uma avaria na caldeira da escola que a direção do estabelecimento ainda não conseguiu reparar.

Os alunos já tentaram por duas vezes pressionar os responsáveis a resolver o problema mas a resposta deixou-os ainda mais revoltados: "Disseram-nos para dar uma corrida para aquecer", afirma Joana Marques, aluna do 11º ano que denuncia também a falta de alimentos e de bebidas no bar da escola.

O CM tentou contactar a direção da escola que recusou comentar a situação e todas as denúncias.
Ver comentários