Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Gabinete de psicologia da PSP apoiou 4.650 polícias desde o início da pandemia

Segundo a autoridade, procedimento permitiu monitorização periódica do estado psicoemocional dos agentes que entraram em confinamento por terem sido infetados.
Lusa 6 de Março de 2021 às 09:37
PSP
PSP
O gabinete de psicologia da PSP apoiou 4.650 polícias infetados com o novo coronavírus ou em quarentena desde o início da pandemia de Covid-19, revelam dados enviados à Lusa por aquela força de segurança.

A Polícia de Segurança Pública precisa que o gabinete de psicologia adotou, desde o início da pandemia, em março de 2020, um "procedimento proativo" de contacto telefónico com todo os polícias que estiveram infetados ou em isolamento profilático.

Segundo a PSP, este procedimento permitiu a monitorização periódica do estado psicoemocional dos polícias que entraram em confinamento por terem sido infetados ou por terem tido contactos de risco, com recurso à intervenção psicológica 'online' ou através de teleassistência.

PSP pandemia covid doença saúde saúde mental covid19
Ver comentários