Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Governo da Madeira garante subsídio de risco para enfermeiros de Áreas Dedicadas a Doentes Respiratórios

Indicação dada pelo Sindicato Democrático dos Enfermeiros Portugueses.
Lusa 28 de Janeiro de 2022 às 13:31
Enfermeiros
Enfermeiros
O Governo da Madeira vai pagar o subsídio de risco aos enfermeiros que trabalham nas Áreas Dedicadas a Doentes Respiratórios (ADR), indicou esta sexta-feira o Sindicato Democrático dos Enfermeiros Portugueses (SINDEPOR).

O sindicato refere, em comunicado, que a garantia foi dada pelo secretário regional da Saúde e Proteção Civil, Pedro Ramos, na sequência de uma reunião realizada na quinta-feira, na qual o subsídio de risco foi um dos "principais temas abordados", face ao aumento dos casos de covid-19.

O SINDEPOR indica, por outro lado, que o governante regional se comprometeu a procurar uma solução para que o subsídio de risco abranja, posteriormente, "todos os enfermeiros", tendo em conta os "múltiplos perigos a que estão sujeitos nas variadas funções que desempenham".

Na reunião foi também abordada a atualização de carreira, nomeadamente ao nível de formadores, graduados e especialistas, bem como a abertura de concurso para novos especialistas.

"O governante anunciou que será aberto concurso dentro das quotas de 25% para especialistas, mas ainda não há data para o lançamento deste concurso", refere o sindicando, adiantando, por outro lado, que será estudada a atribuição de um subsídio de 150 euros mensais a estes enfermeiros.

Sobre a contratação de mais enfermeiros para o Serviço Regional de Saúde, o SINDEPOR considera que se tornou "ainda mais premente" devido ao contexto pandémico e informa que o Governo Regional da Madeira está disponível para avançar nesse sentido e também para abrir concurso para enfermeiros emigrados.

Ver comentários
}