Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Há 35 dias que recuperados de Covid-19 superam doentes

Tiveram alta no último sábado 966 pessoas. No mesmo dia, 682 acusaram a infeção.
João Saramago e Beatriz Madaleno de Assunção(beatrizassuncao@cmjornal.pt) 8 de Março de 2021 às 08:15
Coronavírus
Coronavírus FOTO: Getty Images
Portugal registou em 24 horas mais 28 mortos e 682 novos casos de coronavírus. Os dados indicam ainda que 966 pessoas foram dadas como recuperadas, fazendo subir para 731 567 o número total de recuperados desde o início da pandemia a 2 de março de 2020. Há 35 dias consecutivos que o número de recuperados supera o de novas infeções. De acordo com o Boletim Epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), este domingo publicado, no sábado eram 61 987 os casos positivos. Destes, a esmagadora maioria recupera em casa (60 573).

Já o número de doentes internados continua a descer: há menos 2 pessoas hospitalizadas (1414) e, destas, menos 9 em Unidades de Cuidados Intensivos (354). É necessário recuar a 22 outubro para obter um menor número de hospitalizados (1365) – em Cuidados Intensivos um valor menor foi registado a 6 de novembro (340).

Na distribuição de novos casos por regiões, o Norte domina com mais 207, seguindo-se Lisboa e Vale do Tejo com mais 180 infetados; Madeira (133); Centro (100); Algarve (32); Alentejo (29); e Açores com mais um caso. Em nota, a DGS esclarece que 88% dos novos casos na Madeira foram diagnosticados há mais de 48 horas. Na mortalidade, Lisboa e Vale do Tejo lidera com mais 13 óbitos, Norte tem mais 6 mortes, o mesmo número no Centro, 2 na Madeira e 1 no Alentejo.


Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Covid-19 Unidades de Cuidados Intensivos Portugal Vale do Tejo DGS Norte Lisboa Madeira Alentejo política
Ver comentários