Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
8

Hospital dos Covões em Coimbra com mais de 90% de ocupação nos cuidados intensivos

Gestão está a ser feita com a transferência de doentes Covid para outras unidades de saúde.
Correio da Manhã e Mário Freire 19 de Janeiro de 2021 às 11:28
Hospital dos Covões em Coimbra com mais de 90% de ocupação nos cuidados intensivos
Hospital dos Covões em Coimbra com mais de 90% de ocupação nos cuidados intensivos
Hospital dos Covões em Coimbra com mais de 90% de ocupação nos cuidados intensivos
Hospital dos Covões em Coimbra com mais de 90% de ocupação nos cuidados intensivos
Hospital dos Covões em Coimbra com mais de 90% de ocupação nos cuidados intensivos
Hospital dos Covões em Coimbra com mais de 90% de ocupação nos cuidados intensivos
Hospital dos Covões em Coimbra com mais de 90% de ocupação nos cuidados intensivos
Hospital dos Covões em Coimbra com mais de 90% de ocupação nos cuidados intensivos
Hospital dos Covões em Coimbra com mais de 90% de ocupação nos cuidados intensivos
Hospital dos Covões em Coimbra com mais de 90% de ocupação nos cuidados intensivos
Hospital dos Covões em Coimbra com mais de 90% de ocupação nos cuidados intensivos
Hospital dos Covões em Coimbra com mais de 90% de ocupação nos cuidados intensivos
Hospital dos Covões em Coimbra com mais de 90% de ocupação nos cuidados intensivos
Hospital dos Covões em Coimbra com mais de 90% de ocupação nos cuidados intensivos
Hospital dos Covões em Coimbra com mais de 90% de ocupação nos cuidados intensivos
Hospital dos Covões em Coimbra com mais de 90% de ocupação nos cuidados intensivos
Hospital dos Covões em Coimbra com mais de 90% de ocupação nos cuidados intensivos
Hospital dos Covões em Coimbra com mais de 90% de ocupação nos cuidados intensivos

A urgência do Hospital dos Covões, em Coimbra, está à beira do limite da sua capacidade. A unidade hospitalar já tinha alargado o número de camas disponíveis em enfermaria para tratamento de doentes Covid (de 90 para 331) mas, mesmo assim, o alargamento não foi suficiente visto que o número de doentes que precisam de tratamento hospitalar não pára de aumentar.

A unidade está acima dos 90% de ocupação nos cuidados intensivos sendo que, esta segunda-feira à noite, havia apenas cinco camas disponíveis.

Os doentes esperam várias horas nas ambulâncias que enchem o parque de estacionamento. Esta segunda-feira eram 20 ambulências e há relatos de sete a oito horas de tempo de espera para ser atendido.

A gestão está a ser feita com a transferência de doentes Covid para outras unidades de saúde de Coimbra, Albergaria-a-Velha e Oliveira do Hospital.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Hospital dos Covões Coimbra hospitais saúde covid-19 internamento enfermaria cuidados intensivos
Ver comentários