Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
8

Já terminou o prazo para limpar terrenos após prorrogação devido à pandemia

Há 23.852 situações em incumprimento.
Lusa 31 de Maio de 2020 às 09:57
Limpeza das florestas
Limpeza das florestas
Floresta
Limpeza das florestas
Limpeza das florestas
Floresta
Limpeza das florestas
Limpeza das florestas
Floresta
O prazo para a limpeza de terrenos florestais termina hoje, após prorrogação, por duas vezes, devido à pandemia da covid-19, pelo que os proprietários, em caso de incumprimento, ficam sujeitos a contraordenações, com coimas entre 280 e 120.000 euros.

Neste âmbito, a Guarda Nacional Republicana (GNR) começa, a partir de segunda-feira, a fase de fiscalização dos trabalhos de limpeza da floresta.

Contam-se entretanto "23.852 situações em incumprimento, já comunicadas às respetivas autarquias, com maior incidência em Leiria, Castelo Branco, Viseu, Coimbra, Braga, Santarém, Vila Real, Viana do Castelo e Aveiro", segundo dados enviados à agência Lusa.

terrenos limpeza incêndios pandemia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)