Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
8

Reaberto troço entre Laranjeiras e Marquês de Pombal da linha Azul do Metro de Lisboa

Metropolitano de Lisboa garante que todas as condições de segurança estão reunidas.
Correio da Manhã 1 de Outubro de 2020 às 22:08
Cratera no tecto do túnel do metro após desabamento
Cratera no tecto do túnel do metro após desabamento FOTO: Direitos Reservados
O Metropolitano de Lisboa garante que todas as condições técnicas e de segurança estão reunidas para abrir a circulação da linha Azul e prevê a circulação na totalidade às 23h00 desta quinta-feira.

A circulação da linha Azul do Metro de Lisboa esteve interrompida desde terça-feira após uma perfuração da abóbada do túnel do Metropolitano de Lisboa entre as estações S. Sebastião e Praça de Espanha. Não foi possível circular durante os últimos três dias no troço Laranjeiras e Marquês de Pombal da linha Azul. Segundo o comunicado da instituição " a ocorrência teve origem num erro técnico na obra que decorre à superfície da responsabilidade da Câmara Municipal de Lisboa".

O desabamento no metro de Lisboa, ocorreu numa zona de obras de requalificação e provocou quatro feridos ligeiros o que causou o pânico entre os viajantes do metropolitano.

A instituição avança em comunicado que foi aberto um inquérito para apurar os "danos infligidos à superestrutura, infraestrutura e material circulante envolvido, bem como os restantes prejuízos causados, direta e indiretamente, à empresa, pela reposição com a maior brevidade das condições necessárias ao normal funcionamento dos serviços de exploração".
Azul do Metro Lisboa Metropolitano economia negócios e finanças transportes
Ver comentários