Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Alfama vence marchas populares de Lisboa pela terceira vez consecutiva

Segundo lugar foi atribuído à marcha do Bairro Alto e terceiro à da Madragoa.
Rogério Chambel 12 de Junho de 2018 às 21:05
Marcha de Alfama
Marcha de Alfama
Marcha de Alfama
Marcha de Alfama desfila na Avenida
Marcha de Alfama
Marcha de Alfama desfila na Avenida
João Baião e Pimpinha Jardim, os padrinhos da Marcha de Alfama
João Baião e Pimpinha Jardim, os padrinhos da Marcha de Alfama
Marcha de Alfama
Marcha de Alfama
Marcha de Alfama
Marcha de Alfama desfila na Avenida
Marcha de Alfama
Marcha de Alfama desfila na Avenida
João Baião e Pimpinha Jardim, os padrinhos da Marcha de Alfama
João Baião e Pimpinha Jardim, os padrinhos da Marcha de Alfama
Marcha de Alfama
Marcha de Alfama
Marcha de Alfama
Marcha de Alfama desfila na Avenida
Marcha de Alfama
Marcha de Alfama desfila na Avenida
João Baião e Pimpinha Jardim, os padrinhos da Marcha de Alfama
João Baião e Pimpinha Jardim, os padrinhos da Marcha de Alfama
Lisboa viveu na noite desta terça-feira o ponto alto das festas da cidade, com o desfile das marchas populares, que transformam a avenida da Liberdade numa grande passerelle de cor, luz e som.

No total, desfilaram 26 marchas (Voz do Operário, Mercados e Santa Casa participam extra-concuso), com S. Vicente a abrir o desfile e Santa Engrácia a fechar. Alfama defende o título.

Cada marcha teve entre cinco a sete minutos para apresentar o seu tema ao júri, qua avalia coreografia, figurino, arcos e música, entre outros aspectos. É no desfile da avenida da Liberdade que tudo se decide e onde se jogam os últimos trunfos.

Houve de tudo um pouco; arraiais e manjericos, varinas e fragateiros, tourada e fado, xailes e guitarras a trinar, vitrais, barbeiros. O tema geral é "A Canção de Lisboa", com Vasco Santana e Beatriz Costa sempre presentes.

A acompanhar as marchas, vimos madrinhas e padrinhos famoso. Maya, Pimpinha Jardim, João Baião, Teresa Guilherme, Pedro Barroso, Carla Andrino, Carla Matadinho, Chakall, entre muitos outros, desfilaram, defendendo as cores das suas marchas.

1. VOZ DO OPERÁRIO
Fez a festa antes de entrar em cena. Crianças recebem sempre muitos aplausos.


2. MERCADOS - Maya e Sérgio Rossi
Maya foi a madrinha dos mercados, numa marcha que lembrou os três santos populares.

3. SANTA CASA - Maria Botelho Moniz e Ricardo Carriço
Participa pela segunda vez, com um gosto especial, pois celebra 520 anos a dar cor a muitas vidas.

4. SÃO VICENTE - Melânia Gomes e Jorge Mourato
Manjerico bem cheiroso e com versinho no topo leva a namorico atrevido. Amor não murcha.

5. ALFAMA - Pimpinha Jardim e João Baião
Defende o título. Lembrou tradição do bairro, com tabernas e fadistas em vielas cheias de turistas.
 

6. OLIVAIS - Isabel Angelino e Paulo Batista
Exaltou orgulho de ser alfacinha e montou arraial onde não faltou a bela sardinha. 


7. MARVILA - Carla Matadinho e Chakall
Perfume de Santo António com sardinha assada, vinho, sangria e arraial, com cheirinho no ar.

8. AJUDA - Paula Sá e Paulo Vasco
Marchou com fé e festão, fazendo jus à história do bairro, sem esquecer o pastor e Nossa Senhora.

9. LUMIAR - Alexandra e Paulo Matos
Vestido de azul e branco e com muita luz foi peça do mosaico que é a cidade de Lisboa.


10. SÃO DOMINGOS DE BENFICA - Sofia Nicholson e Rui Brás
O tema central foram as fontes do bairro. Moças foram à água em figurinos de azulejos.

11. ALCÂNTARA - Ana Sofia Cardoso e Pedro Granger
Bairro banhado pelo Tejo entrou na Avenida de barco à bolina. Levou varinas e fragatas, salmoura e carvão.

12. BENFICA - Carla Janeiro e Gonçalo Salgueiro
Evocou o Parque Silva Porto, mais conhecido por mata de Benfica, plantado em 1880.


13. BELÉM - Elia Gonzalez e Telmo Miranda
Deu novos mundos ao mundo, tal como Portugal. Levou a Torre de Belém e navegou pela história.


14. BAIRRO DA BOAVISTA - Custódia Gallego e Diogo Martins
Nasceu em 1938, junto ao forte de Monsanto. Lembrou as janelas sobre a cidade.

15. MADRAGOA - Teresa Guilherme e Pedro Barroso
Vai sempre descalça elas foram de sol e eles de lua quando se beijam, o bairro sai à rua e dança o vira.
 

16. MOURARIA - Adriana Lua e Ricardo Velho
Entre fado e toiros mostrou a tradição da cidade de Lisboa com alma bairrista e muita raça.

 

17. BICA - Soraia Chaves e Tiago Torres da Silva
Bairro de gente fadista evocou 'o miúdo da bica', Fernando Farinha levou xaile e guitarra.

18. GRAÇA - Carla Andrino e Mário Rui
Foi ao típico arraial com muita cor e alegria. Os arcos pintados em belos vitrais com luz.

 

19. BELA FLOR - CAMPOLIDE - Liliana Santos e Pedro Sousa
Bairros outrora rivais, agora namoram. Entre beijos e sussurros fez-se a festa.

20. CARNIDE - Sylvie Dias e Rui Neto
Deu cor ao popular filme 'A Canção de Lisboa', com Vasco Santana e Beatriz Costa.

21. CASTELO - Carolina e Rui Vaz
Lisboa antiga e moderna de arco e balão, selfies, turistas e segways, com pregões, paixão e fé.

22. PENHA DE FRANÇA - Salomé Caldeira e Rui Andrade
Apregoou: "Lisboa está na moda" com tuk-tuk, elétricos e 'likes' ao Santo António.

23. CAMPO DE OURIQUE - Rita Ribeiro e Fernando Pereira
Entre uvas e vinhas, e vinhas com adega típica e rodas de carroça, folia e boa pinga.

24. ALTO DO PINA - Olívia Ortiz e Flávio Furtado
Catraia evocou o tejo, com velhos pregões, Nossa Senhora das Redes, varinas e peixeiros.

25. BAIRRO ALTO - Sónia Brasão e Flávio Gil
Enaltece profissão de barbeiro. Corta-se barba e cabelo, mas também se convive.


26. SANTA ENGRÁCIA - Maria João Gama e Pedro Silva
De ouro branco e preto desfilou ‘A Canção de Lisboa’, com Vasco Santana e Beatriz Costa.

Ver comentários