Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Mãe de Rui Pedro visita presépio vivo de Priscos em Braga

Paróquia pede reflexão sobre as crianças desaparecidas.
Ana Maria Ribeiro 6 de Dezembro de 2021 às 08:30
Filomena Teixeira, mãe de Rui Pedro
Rui Pedro
Filomena Teixeira, mãe de Rui Pedro
Rui Pedro
Filomena Teixeira, mãe de Rui Pedro
Rui Pedro
Filomena Teixeira, a mãe do jovem Rui Pedro, desaparecido da Lousada há 23 anos, estará no domingo, às 15h00, na inauguração da XV edição do presépio vivo de Priscos, em Braga. Este ano, a iniciativa da Paróquia de São Tiago de Priscos é dedicada às crianças desaparecidas e quer encorajar a população a refletir sobre um flagelo mundial.

De acordo com dados da Comissão Europeia, pelo menos 250 mil crianças desaparecem na Europa todos os anos, 60% da quais são adolescentes que fogem de situações de abuso no seio da família. Em Portugal, e segundo dados divulgados pela Polícia Judiciária em 2019, cerca de 1400 crianças são dadas como desaparecidas todos os anos, o que corresponde a quatro desaparecimentos por dia ou um a cada seis horas.

Ver comentários