Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Marta Temido destaca sequelas da Covid-19 e assume que escolas devem ser as primeiras a abrir quando País desconfinar

Direção-Geral da Saúde prepara-se para a realização de testes Covid através da saliva.
Correio da Manhã 22 de Fevereiro de 2021 às 18:25
Marta Temido na reunião com especialistas
Marta Temido na reunião com especialistas FOTO: António Cotrim/Lusa
A Ministra da Saúde, Marta Temido, destacou esta segunda-feira, após reunião do Infarmed, que apesar da situação pandémica de Portugal estar a melhorar, é importante lembrar as sequelas da Covid-19 (quer em doentes graves, como em doentes ligeiros), assumindo que ainda não é momento de relaxar. 

"Na última semana, o índice de mobilidade aumentou ligeiramente e este é um aspeto que deve suscitar atenção, na medida em que sabemos que os valores a que chegámos são valores que resultam de um esforço e, se esse esforço se inverter, voltaremos a atingir números de incidência e números de risco de transmissão que não são compatíveis com o que precisamos de garantir", afirmou Marta Temido.

Marta Temido assumiu ainda que as escolas devem ser as primeiras a abrir quando o País desconfinar. "Foi o terceiro melhor mês desde o início da pandemia", disse a ministra relativamente à testagem feita aos portugueses. A ministra avançou ainda aos jornalistas que a Direção-Geral da Saúde prepara-se para a realização de testes Covid através da saliva.

Recorde-se que o valor do R encontra-se abaixo de 1 em todo o País e regiões autónomas.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Marta Temido Covid-19 País Infarmed economia negócios e finanças
Ver comentários