Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Medicação de substituição opiácea pode ser dada para períodos mais longos

Doentes com tubercolose e HIV/Sida também podem usufruir da diretiva da DGS.
Lusa 13 de Julho de 2020 às 14:48
Medicamentos
Medicamentos FOTO: Getty Images
A prescrição e dispensa de medicação de substituição opiácea pode ser dada para períodos mais alargados, "sob controlo e monitorização clínica", assim como os medicamentos para a tuberculose e HIV/Sida, durante o período da pandemia.

Segundo uma orientação da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre populações em situação de maior vulnerabilidade social e económica por causa da pandemia de covid-19, as estruturas locais e regionais devem articular-se para garantir as condições para que quem for contagiado possa cumprir o confinamento/isolamento decretado pelas autoridades de saúde.

A DGS lembra que as populações dependentes de substâncias psicoativas, lícitas ou ilícitas, "estão particularmente vulneráveis à degradação das suas condições sociais" durante a pandemia.

Sida HIV DGS saúde epidemias e pragas questões sociais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)