Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Médico do Hospital da Luz em Lisboa morre infetado com Covid-19. Já é o quinto caso

Anestesiologista de 60 ficou doente após tratar do pai, que foi infetado no Natal e também acabou por morrer.
Ana Maria Ribeiro 21 de Janeiro de 2021 às 09:07
José Damásio sofria de outras patologias e não resistiu à Covid-19
José Damásio sofria de outras patologias e não resistiu à Covid-19 FOTO: Direitos Reservados
Morreu, infetado pelo vírus que provoca a Covid-19, o médico José Damásio, que desempenhava funções de anestesiologista no Hospital da Luz, Lisboa, desde 2007. Tinha 60 anos e o CM apurou que sofria de outras patologias, nomeadamente um cancro do pulmão em fase terminal.

Terá sido infetado após tratar do pai (que também acabaria por morrer da doença), conforme contou ao CM Jorge Roque da Cunha, secretário-geral do Sindicato Independente dos Médicos (SIM). "O pai dele apanhou a Covid-19 por volta do Natal e ele foi tratá-lo. Ficou infetado", revelou Roque da Cunha, acrescentando que "deverá haver mais casos de profissionais de saúde que morrem e não são contabilizados". "Há dois dias morreu um cirurgião plástico em Viana do Castelo mas há muito tempo que o Ministério da Saúde deixou de falar destes números."

Segundo a Ordem dos Médicos, são já cinco os médicos que morreram infetados pelo SARS-CoV-2. "Não temos sido informados oficialmente, porque a comunicação da DGS não funciona como devia", diz o bastonário, Miguel Guimarães, que pede testagem aos profissionais e que sejam todos vacinados "o quanto antes".
Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Jorge Roque da Cunha Hospital da Luz em Lisboa Lisboa Covid-19 José Damásio saúde questões sociais
Ver comentários