Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Medo em Vila Franca de Xira com 22 mortes por Covid-19 em lar

É o segundo pior registo de mortes em lares em Portugal desde o início da pandemia.
Elsa Custódio e Rogério Chambel 20 de Novembro de 2020 às 08:44
Lar da Associação do Hospital Civil e Misericórdia
Lar da Associação do Hospital Civil e Misericórdia FOTO: Direitos Reservados
Em duas semanas, morreram 22 idosos na Associação do Hospital Civil e Misericórdia, em Alhandra, devido ao surto de Covid. É o segundo pior registo de mortes em lares em Portugal desde o início da pandemia. Há medo e desespero na população. “Quando é afixada uma comunicação de óbito associa-se logo ao lar”, relata o presidente da União de Freguesias de Alhandra, S. João dos Montes e Calhandriz, Mário Cantiga, que não cala a revolta. “Onde é que está o foco?”, questiona. Já o presidente da Cruz Vermelha Portuguesa, Francisco George, garante que as brigadas de intervenção demoraram “poucas horas” até prestar auxílio. Por seu turno, o presidente da Câmara de Vila Franca de Xira, Alberto Mesquita, diz que a situação está controlada.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Ver comentários