Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2
Exclusivos

Menos sexo, mais videojogos e séries. Novas gerações deixam relações sexuais em segundo plano

Jovens praticam cada vez menos atos sexuais e o acesso fácil à pornografia assume um papel importante. Tecnologias também são apontadas como as principais causadoras do afastamento entre as novas gerações.
Correio da Manhã 24 de Fevereiro de 2021 às 15:59
Jovens praticam cada vez menos atos sexuais e o acesso fácil à pornografia assume um papel importante. Tecnologias também são apontadas como as principais causadoras do afastamento entre as novas gerações.
Por Correio da Manhã 24 de Fevereiro de 2021 às 15:59

Menos sexo, mais videojogos e séries. Os jovens estão a praticar cada vez menos relações sexuais e a tecnologia pode estar a roubar tempo e a apetite sexual às novas gerações. A pandemia de Covid-19 e o confinamento têm agravado a situação e os pedidos de ajuda aos psicólogos dispararam.

Os especialistas não têm dúvidas e avisam que a pandemia está a trazer "obstáculos à sexualidade para todas as pessoas, aquelas que têm um parceiro e aquelas que não têm".

Para o professor Simon Forrest, do Instituto para a Saúde e Sociedade da Universidade de Newcastle, no Reino Unido, o comportamento sexual tem mudado muito ao longo dos últimos 50 anos. Para o especialista, os mais jovens fazem cada vez menos sexo - ou com menos regularidade - porque estão a assumir relações mais duradouras mais tarde na vida, normalmente após os 30 anos de idade. Isto deve-se em grande parte às dificuldades financeiras.

Por outro lado, a pornografia também tem desempenhado um papel cada vez mais importante, mas nem sempre pela positiva. O professor adianta ainda que a sociedade atual é uma grande consumidora de pornografia online, o que se reflete num efeito negativo nas relações sexuais das pessoas. O especialista refere que a pornografia pode aumentar os níveis de ansiedade e obsessão com o corpo.

Mas a sociedade de hoje é também mais ‘ocupada’ do que a de há 20 anos. Jean Twenge, professora de psicologia da Universidade de San Diego, nos EUA, defende que as pessoas têm muito mais coisas para fazer às "10 da noite" do que antes. A especialista acredita que os videojogos e serviços de streaming como a Netflix podem estar a ter impacto no novo padrão sexual da população.

Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso à edição digital e a todos os conteúdos exclusivos do site no pc, tablet e smarphone
Assine já 1 mês/1€
Para ler este e todos os EXCLUSIVOS DE HOJE no site 1€ (IVA incluído) Obtenha o seu código de acesso com uma simples chamada telefónica

ou
UTILIZE O
sexo relações sexuais prática sexual jovens sexo relações relacionamentos pornografia
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas
CM+
O Correio da Manhã para quem quer MAIS conteúdos e vantagens
Assine já 1 mês/1€
  • Todo o conteúdo exclusivo sem limites nem restrições.
  • Acesso a qualquer hora no site ou nas apps.
  • Acesso à versão do epaper na noite anterior.
  • Clube CM+ com vantagens e ofertas só para assinantes

Clube CM+ Conheça todas as vantagens e produtos exclusivos para os assinantes do Correio da Manhã

Receba o 5º volume da coleção de DVDs sobre Fátima. Exclusivo para assinantes

Ver Mais

Coleção Receitas Facílimo: Dourada assada com legumes. Faça já download do eBook e áudio.

Ver Mais

Coleção Receitas Facílimo: Bolinhos ricos de bacalhau. Faça já download do eBook e áudio.

Ver Mais

A tecnologia passou a controlar as nossas vidas? Conseguirão os nossos jovens desligar? Este livro responde a todas as questões! Portes incluídos.

Ver Mais

VERÃO 2021 - SÃO MIGUEL: 2 Noites no Ponta Delgada Hotel com Pequeno Almoço, Voos de Lisboa ou Porto, Transferes e Seguro desde 323€.

Ver Mais