Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Morgue do Hospital de Viseu sem capacidade de resposta para mortos com Covid-19

Agentes funerários queixam-se de que “há dias em que há corpos fora das arcas frigorificas”.
Luís Oliveira 15 de Janeiro de 2021 às 08:50
A carregar o vídeo ...
Agentes funerários queixam-se de que “há dias em que há corpos fora das arcas frigoríficas”.
A mortalidade causada pela Covid-19 está a aumentar no Hospital de Viseu e a morgue desta unidade perdeu capacidade de resposta. Vários agentes funerários queixam-se de que "há dias em que há corpos fora das arcas frigorificas".

Fonte oficial do hospital nega e garante que a capacidade da morgue "é suficiente". Desde o dia 1 e até quinta-feira, morreram 45 pessoas que estavam internadas vítimas da infeção pelo novo coronavírus. A média é de três por dia. Só em 24 horas, no fim de semana passado, foram 12 os óbitos registados por Covid-19. A morgue do S. Teotónio tem capacidade para ter 20 corpos em arcas.

O camião frigorifico foi desmobilizado após o fim da primeira vaga.

Segunda-feira abre hospital do Fontelo
Doentes Covid-19 sem lugar no Hospital de Viseu vão, a partir de segunda-feira, ficar internados no hospital de campanha e na estrutura de apoio de retaguarda no Fontelo.
Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Hospital de Viseu Covid-19 Fontelo saúde hospitais
Ver comentários