Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Mulher que quer engravidar do marido morto recebe luz verde do Parlamento

“Sem dúvida que me sinto muito feliz com a aprovação”, disse ao CM Ângela Ferreira.
Francisca Genésio 24 de Outubro de 2020 às 09:43
Ângela Ferreira quer engravidar do marido que morreu com cancro
Ângela Ferreira quer engravidar do marido que morreu com cancro FOTO: Direitos Reservados
“Sem dúvida que me sinto muito feliz com a aprovação”, disse ao CM Ângela Ferreira, que assistiu ao debate nas galerias da Assembleia da República.

A atual legislação já permitia a inseminação após a morte, mas apenas nos casos em que o ato de inseminação é realizado antes da morte do cônjuge.

A ILC e os projetos de lei apresentados pelo PS, BE e pelo PCP sobre a inseminação ‘post mortem’ foram aprovados, mas com votos contra do PSD.

A deputada social-democrata Sandra Pereira, questionou se “têm ou não têm estas crianças o direito a nascerem com pai ou com mãe”.
Parlamento Assembleia da República Ângela Ferreira questões sociais morte
Ver comentários