Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

Multa de 700 euros por falta de cofre para armas

Prazo para entrega de comprovativo de compra de equipamento termina esta quarta-feira.
João Saramago 22 de Setembro de 2020 às 08:16
Prazo para entrega de comprovativo de compra de equipamento termina esta quarta-feira.
Prazo para entrega de comprovativo de compra de equipamento termina esta quarta-feira. FOTO: Vítor Mota
Apartir de amanhã, os caçadores que não tenham feito prova junto de uma esquadra da PSP da posse de um cofre para a guarda da arma de fogo “terão de colocar as armas à guarda segura de um armeiro ou na PSP”. Uma decisão que, segundo José Batista, do Movimento Caçadores Mais Caça, “deverá ser adotada por milhares de pessoas, por os cofres estarem esgotados”.

A obrigatoriedade de comprovativo da existência de cofre para albergar armas de fogo foi, esta segunda-feira, uma vez mais comunicada pela PSP.

“O prazo estipulado para a apresentação do comprovativo da existência de cofre termina no próximo dia 23 de setembro de 2020, pelo que, após este período, os proprietários de arma(s) de fogo que não cumprirem com o determinado estarão a incorrer na prática de um ilícito contraordenacional”, recorda a PSP.

“As coimas definidas oscilam entre os 700 e os 7000 euros”, adiantou José Batista, cujo movimento de caçadores pediu junto do Ministério da Administração Interna para que seja prorrogado o prazo para apresentar o comprovativo. Decisão que terá de ser do Parlamento.

A necessidade de ter um cofre surge da mudança da lei, no ano passado. A anterior legislação permitia ter até duas espingardas e uma carabina sem necessidade deste equipamento, que custa cerca de 300 euros.
Ver comentários