Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

"No futuro imediato impõe-se manter as medidas de contenção", diz Marcelo Rebelo de Sousa após reunião com especialistas sobre coronavírus

Presidente da República falou ao País e mostrou-se otimista sobre evolução da pandemia em Portugal.
Correio da Manhã e Lusa 31 de Março de 2020 às 14:25
Marcelo Rebelo de Sousa
Marcelo Rebelo de Sousa FOTO: Miguel Figueiredo Lopes/REUTERS
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, falou durante a tarde desta terça-feira ao País, após reunião com especialistas sobre o coronavírus. "No futuro imediato impõe-se manter as medidas de contenção", afirmou, mostrando-se otimista com a evolução da pandemia de Covid-19 em Portugal.

Segundo Marcelo Rebelo de Sousa, outra conclusão desta reunião foi a de que, "olhando para a evolução da curva dos casos positivos dos portugueses detetados como infetados há uma diferença apreciável entre a primeira fase dessa evolução e a fase mais recente".

"E, mais do que isso, a continuar o que parece ser uma tendência, temos uma fixação em valores que podem vir a ser menos de metade, claramente menos de metade, em média, daqueles que se verificavam na primeira fase. E podem significar uma relação com o encerramento das escolas e com medidas de contenção já adotadas", completou.

Com o primeiro-ministro de um lado e o presidente da Assembleia da República do outro, a alguma distância, o chefe de Estado observou que, "se for isso assim - e os próximos dias poderão confirmar - essa é uma boa notícia, a premiar o esforço dos portugueses, que assumiram como tarefa coletiva compreender e praticar essa autocontenção".

Relativamente à renovação por mais 15 dias do estado de emergência, que termina às 23:59 desta quinta-feira, Marcelo Rebelo de Sousa considerou que aquilo que ouviu hoje dos especialistas foi um "passo importante, porque dá fundamento científico" à decisão política que será tomada na quarta-feira.

"O passo seguinte será, naturalmente, o da posição formal do Governo em concertação com o Presidente da República e depois a autorização da Assembleia da República", disse.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 791 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 38 mil.

Em atualização
Marcelo Rebelo de Sousa País política questões sociais ajuda externa coronavírus vírus
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)