Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Notas de euros não representam grande risco de contágio do coronavírus, esclarece o Banco Central Europeu

Instituição realizou pesquisas com vários laboratórios europeus.
Lusa 28 de Abril de 2020 às 16:02
Dinheiro
Dinheiro
O manuseamento de notas de euros não representa "grande risco de infeção" com o novo coronavírus em comparação com outras superfícies, afirmou esta terça-feira um dirigente do Banco Central Europeu (BCE).

A instituição realizou pesquisas com vários laboratórios europeus, nos quais parece que "os coronavírus podem sobreviver numa superfície de aço inoxidável (uma maçaneta da porta, por exemplo) dez a cem vezes mais do que nas nossas notas de fibra de algodão", afirmou Fabio Panetta, membro da Comissão Executiva do BCE, num artigo de opinião publicado em vários jornais europeus.

"Outras análises mostram que os vírus se propagam mais dificilmente através de superfícies porosas como as das nossas notas do que em superfícies lisas como o plástico", acrescentou.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)