Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Pandemia põe em risco mais de 40% dos empregos no Algarve

OCDE calcula que o emprego poderá cair, em média, entre 4,09% e 4,98% em 2020.
Lusa 7 de Julho de 2020 às 14:42
Praia do Algarve
Praia do Algarve FOTO: Miguel Veterano
As regiões onde o turismo tem mais peso enfrentam maior risco de destruição de emprego, alerta a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Económico (OCDE) estimando que, no Algarve, podem ser perdidos mais de 40% dos empregos.

A OCDE calcula que o emprego poderá cair, em média, entre 4,09% e 4,98% em 2020 nos países que fazem parte da organização, devido à pandemia, sendo que o impacto desta crise difere de país para país e até de região para região.

No relatório sobre as "Perspetivas de emprego", hoje divulgado, a organização liderada por Angel Gurría refere que "os países e regiões onde a pandemia teve maior expressão registaram perdas económicas mais significativas", assinalando ainda que o impacto económico na várias regiões "vai variar de acordo com a sua especialização setorial", afetando de forma mais significativa os setores mais expostos a medidas de confinamento ou à sazonalidade.

Desenvolvimento Económico Algarve Organização para a Cooperação OCDE economia negócios e finanças
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)