Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Papa emérito Bento XVI tem doença dolorosa

Joseph Ratzinger esteve recentemente na Alemanha para o funeral do irmão. Mesmo debilitado está a trabalhar em novo livro.
Ana Maria Ribeiro 4 de Agosto de 2020 às 08:46
Bento XVI com Georg Gaenswein e Peter Seewald
Bento XVI com Georg Gaenswein e Peter Seewald FOTO: Direitos Reservados
Bento XVI, o Papa emérito, tem uma doença “dolorosa, mas não grave”, esclareceu esta segunda-feira o secretário pessoal de Bento XVI, Georg Gaenswein. A retificação surge depois de Peter Seewald, autor da mais recente biografia de Bento XVI, ter dito ao jornal alemão ‘Passauer Neue Presse’ que Bento XVI estaria gravemente doente e “extremamente frágil”. Segundo Seewald – cujas conversas com Bento XVI estão traduzidas para língua portuguesa nos volumes ‘Sal da Terra’, ‘Deus e o Mundo’ e ‘Luz do Mundo’ – o Papa emérito, de 93 anos, está lúcido e de memória intacta, embora a sua voz seja quase inaudível. Os dois encontraram-se para preparar uma biografia de dois volumes na qual Bento XVI está muito empenhado.

Joseph Ratzinger voltou recentemente da Alemanha, onde acompanhou os últimos dias de vida do irmão, Georg, que morreu, no dia 1 de julho, aos 96 anos. Os irmãos Ratzinger foram ordenados padres juntos, há 69 anos, a 29 de junho de 1951.

Bento XVI foi o primeiro Papa a resignar ao papado em mais de 500 anos. A última renúncia aconteceu em 1415, com Gregório XII. Desde que saiu de cena, o Papa emérito tem vivido num mosteiro nos jardins do Vaticano e levado uma vida de oração, longe dos olhares públicos.
Mundo Peter Seewald Bento XVI Papa Passauer Neue Presse Luz Georg Gaenswein Deus religião líderes religiosos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)